QUANDO AS SOMBRAS SILENCIAM

Ficção espiritual que conta a estória de um casal de missionários, em meio a muita ação e aventura.

HOMENS QUE LUTAM

Nova série de artigos sobre atitudes que tornam os homens mais do que vencedores.

FAMÍLIA - O PAPEL DO HOMEM.

"Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, (Efésios. 5: 25)"

FAMÍLIA - O PAPEL DA MULHER.

"Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos. (Provérbios. 14:1)"

POEMAS - Para adoçar a vida!

Poemas que nascem no coração, cresce em nossa mente e alçam vôo em nossa imaginação.

Blog Impressões Sem Pressões

"Em meio a valores distorcidos em nossa sociedade, temos JESUS CRISTO como referencial perfeito!" (Tom Alvim).

domingo, 28 de fevereiro de 2016

FAMÍLIA - A SUTILEZA CONTRA NOSSAS CRIANÇAS



No vídeo acima o Dr. Guilherme Shelb sendo entrevistado pelo Pr. Silas Malafaia fala sobre como estão querendo destruir os valores judaico-cristão de nossa sociedade, começando literalmente "pelo começo", ou seja, por nossas indefesas crianças no ambiente que deveria, mas não é, um lugar seguro - a escola - aonde elas deveriam ser ensinadas a ler, a escrever, e em ciências importantes para a formação básica de futuros profissionais, contudo de forma sutil estão querendo ensiná-las sobre temas que somente os pais, na idade oportuna, deveriam falar. É o Estado querendo mudar toda uma geração e assim desmantelar valores cristãos sólidos que ainda os impedem de fazer a sonhada revolução, que não foi conseguida através de armas, mas que está sendo implantada através da revolução cultural.

Assista e divulgue! Esse programa também será reprisado no próximo sábado, dia 05/03/2016.

Autor do texto: Tom Alvim
Vídeo: Youtube

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

FAMÍLIA - DE VOLTA AO LAR!

Sou homem, e agradeço a Deus por isso, assim como também agradeço a Deus pela maravilhosa existência das mulheres. Afinal de contas, um depende do outro para que a família possa existir em sua plenitude, e diante desse fato entendemos que não existe melhor ou pior, existe apenas parceria delimitada por papéis específicos e foi pensando nesses papéis que cada membro da família tem, que me dispus a por a "minha cara à tapa" para dizer o óbvio, dizer que a mulher precisa retornar ao lar, retornar as origens.

Retornar ao lar não significa a anulação de si mesma, e nem tampouco deixar de ter uma profissão ou uma ocupação qualquer, fora da esfera familiar. Na verdade, retornar ao lar significa ordenar corretamente as prioridades de sua vida, perguntando o que é realmente importante, e o que foi dito, ano após anos em diversos meios que deve ocupar o tempo mais precioso de sua vida.

O mundo moderno tem ensinado a mulher que ela "tem que" ser independente, "tem que" encontrar o seu lugar ao sol, "tem que" ser feliz hoje, mas não diz para ela que só se é independente profissionamente, fora do casamento. É por isso que milhares de mulheres estão frustradas, pois quando nos casamos com alguém nos tornamos de-pen-den-tes dessa pessoa no sentido geral, abrangendo a profissão do cônjuge e todas as facetas da vida à dois. Nos tornamos "uma só carne" quando nos casamos, tanto o homem quanto a mulher se fundem espiritualmente, e o nível de intimidade é tão grande que iremos sempre, eu disse sempre mesmo, querer o bem do outro e nunca, eu disse nunca mesmo, querer ser melhor que o outro, porque, apenas que sejamos loucos, iremos querer o mau de nós mesmos.

Apenas para complementar, existe um movimento moderno que gosto de chamar de retorno ao lar, uma espécie de libertação da visão feminista, aonde mulheres bem sucedidas profissionalmente, que conseguiram ver à tempo qual era a coisa mais importante em suas vidas, deixaram, por um tempo que seja - o mercado de trabalho para se dedicarem única e exclusamente à seus filhos. Creio que não é difícil entender que a criação de nossos filhos é muito mais importante do que qualquer cargo, promoção ou  carreira e isso não é coisa de gente rasa e pueril, é coisa de gente inteligente e sábia. É coisa de quem quer passar os seus valores, mas importantes, para seus "filhotes" pelo menos nos primeiros 10 anos de vida, período essencial para isso. E vejam que brincar com isso não me parece algo que realmente valha à pena.

Uma coisa que aprendi em meus quarenta e seis anos de idade nessa terra, aonde onze destes vivendo a bela experiência paterna - foi que, trocar alguns anos de tranquilidade deixando a educação de nossos filhos nas mãos de terceiros que muitas das vezes são até mesmo desconhecidos, poderá refletir negativamente na adolescência, quando poderemos colher aquilo que foi plantado por pessoas que muitas das vezes nem mesmo comungam das mesmas opiniões que nós, em assuntos delicados, podendo ensinar os seus valores, aos nossos filhos sem nenhuma interferência, e quando acordarmos, talvez seja tarde demais para isso.

Lembro-me de uma vez que ouvi de uma professora em uma creche dizer: "Hoje uma menininha disse a sua primeira palavra e a mãe dela nem sabe disso ainda." Isso é muito triste, muitos pais fazem os filhos e depois deixam outros criá-los sendo apenas mantenedores delas, e não pais de verdade.

Mães, retonem aos seus lares! Eduquem seus filhos com os seus valores não permitindo interferência externa. O Estado não tem esse direito, a Escola não foi feita para isso. Você e seu marido tem essa obrigação diante de Deus, não dêem uma procuração para que outra pessoa inculque - mesmo sem saber - os valores dela em seus infantes. Aí, depois que eles já estiverem com o seu caráter moldado, voltem ao mercado de trabalho, sabendo que essa não é a obrigação da mãe e que através da sabedoria divina as prioridades em sua família foram muito bem definidas. Quem tem a ganhar, são as crianças, os pais e todos ao redor dessa família, que é como dizia na antiga disciplina escolar de Educação Moral e Cívica ou de OSPB (Organização Social e Política do Brasil), "a célula mater da sociedade". Todos só tem a ganhar com esse retorno, principalmente você!

Autor: Tom Alvim

domingo, 14 de fevereiro de 2016

PRECONCEITO


As pessoas desconhecem o significado dessa palavra... mas a usam como se fossem intimos, julgam as religiões e as chamam de preconceituosos e dizem que usamos de discriminação, mas ninguém mensiona que só pode fazer parte da OAB  advogados, mas criticam quando dizemos que o céu é um lugar exclusivo para os seguidores de Cristo, e que grupo A ou B irão para o inferno, pois bem, da mesma forma que existem critérios para pessoas terem a carteira da OAB, acreditamos quando a Bíblia diz que existem critérios para ir ao Céu, assim como formados em direitos não conseguem ter a carteira da OAB muitos dos que vão a igreja tbm não vão para o céu.

O mais interessante é que ninguém é obrigado a ser crente, ninguém é obrigado a seguir a Cristo e ao que está escrito na Bíblia, mas todos querem ir para o Céu.

Eu creio que a Bíblia é verdadeira regra de conduta para a minha vida, condeno o que ela condena e sou a favor do que ele apoia, minhas opniões são formadas nela, e nelas eu tenho total confiança, se ela diz que os Homossexuais irão para o inferno, eu acredito nela, mas ela diz que devemos amar a todos como cristo nos amou, por isso sou contra qualquer tipo de ato violento ou de intolerância, mas eu acredito na Bíblia, quando ela fiz que grupo A ou B não irá para o céu, ela diz como esses grupos devem fazer para ir, assim como a OAB não aceita engenheiros ou médicos.

A Verdade é que no nosso mundo queremos que todos nos agradem, e queremos ser respeitados, mas não damos respeito, existem muitas religiões, algumas não tem Céu nem Inferno, mas um ciclo eterno de encarnações, outras dizem que se vc não for da nacionalidade X vc não vai para os Céus, eu acredito que só Cristo salva, acredito no que q Bíblia diz, e isso não me faz preconceituoso, quem me conhece sabe que tenho amigos no movimebto LGBTs, amigos Ateus, amigos que usam drogas, amigos Vascainos(só pra descontrair), e minha fé e meus conceitos baseados na Bíblia não me afastam deles, muito pelo contrario, o respeito que temos um pelo outro nos une.

Essa guerra de acusações deve acabar, Cristo disse para que nos amemos ums aos outros... ele aborrece o pecado mas ama o pecador... essa é a lição, vamos respietar as escolhas de cada um, eu não quis fazer direito, não existe lógica eu querer ter uma carteira da OAB, se vc não quer ser "crente" não existe motivos seguir ou acreditar na Bíblia.

Mas nós que acreditamos, temos por obrigação com nosso Deus de alertar quem está indo contrário a Bíblia, não para julgar e condenar, mas falamos e somo chatos muitas das vezes pq queremos que todos estejam no céu.. é nessa verdade que acreditamos, só Cristo salva! E quem segue a Cristo segue a Bíblia! E quem segue a Bíblia e a Cristo vai para o céu!

Autor: Anderson dos Santos França
Imagem: Google

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

SONHOS QUE VALEM SER SONHADOS



"Muitos propósitos há no coração do homem, porém o conselho do Senhor permanecerá (Provérbios 19:21)."

Todos nós sonhamos. Uns sonham mais do que os outros e uns vivem intensamente correndo atrás desses sonhos até que eles se tornem reais ou escorram, como água, por entre os seus dedos. 

Agora, o que podemos ter certeza é que existem sonhos bons, sonhos maus, sonhos plausíveis e sonhos inalcançáveis que são fruto invarievelmente dos valores que cultivamos durante as nossas vidas por essas bandas. Valores que dirão o quão importantes são eles para nós e diante disso se vamos nos dedicar de verdade para os realizarmos. Na maioria das vezes o que acontece de "verdade verdadeira" é que a maioria de nós não deixa nunca de sonhar ficando sempre sentados assistindo a vida passar na tela enorme da realidade, enquanto "empurra com a barriga" o seu cotidiano e a sua preciosa vida, como se tivéssemos todo o tempo do mundo para recomeçarmos.

No coração do homem há muitas coisas e como foi dito acima, podem ser coisas boas ou coisas ruins, mas o que vamos fazer com o que foi plantado lá é que vai definir quem somos e quais o caminho que iremos trilhar.

Em meio a tudo isso entendemos que os sonhos devem ser baseados naquilo que a Bíblia diz ser bom e agradável, e que devem estar em conexão com aquilo que Deus quer para nós, aí sim estaremos buscando algo bom, estaremos ouvindo o conselho do Senhor e o seu fim será sempre de vida. 

Contudo, sonhos que estejam baseados na ganância exacerbada, na futilidade, no egoísmo irão retirar deles o brilho que emana dos céus e que fazem as coisas valerem à pena. Hoje assisti a um filme, e no meio dele a personagem principal disse o seguinte: "Deus ri quando contamos a ele os nossos sonhos". Achei o máximo, por que na maioria das vezes esses sonhos estão bem longe de glorificá-lo demonstrando o quão longe ainda estamos de nos encaixarmos nos propósitos divinos, deixando os nossos interesses para trás.

Quando estamos próximos de Deus, sonhamos sonhos que vão glorificá-lo e nos farão felizes diante de todas as suas possibilidades.

Autor: Tom Alvim
Imagem: pixabay




quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

HOMENS AFEMINADOS?

Parece um paradoxo ou coisa parecida, contudo é a mais pura verdade. Homens afeminados estão cada vez mais presentes em nossa sociedade, fruto do marxismo cultural e da pós-modernidade que tem estuprado sem dó nem piedade a ordem natural das coisas. 

Um homem realmente masculino não é um "troglodita sem noção" ou como as feministas gostam de rotular: "porcos chauvinistas". Homens no sentido pleno da palavra são aqueles que sabem defender a sua prole, que estão constantemente atentos as investidas hostis contra qualquer um que esteja sob sua responsabilidade ou que esteja em situação de risco, mas o que se vê no mundo chamado moderno é uma "desconstrução" da figura masculina e uma feminilização do homem na sua mais tenra idade. 

É por isso que ensino o meu filho a ser menino, a gostar de aventuras e a engolir o choro quando tem uma pequena queda, para que ele aprenda a ser resistente ao invés de abrir o berreiro correndo para o colo da mãe por qualquer coisa simples. A supervisão está sempre presente, mas a firmeza está bem ao lado. Meninos viris se tornarão homens viris. 

Meninos superprotegidos serão homens delicados e dóceis, e na hora de tomar decisões difíceis ficarão sem saber o que fazer não podendo proteger nem a si mesmos. 

O vídeo abaixo retrata muito bem o que penso sobre muitos homens europeus, isso dito pela boca de uma mulher, e também sobre muitos homens latinos americanos, cada vez mais covardes e sem iniciativa.

Obs.: Rodrigo Constantino escreveu acerca deste tema também. Vale à pena conferir neste link.

Tom Alvim.


Vídeo: Youtube