sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

FROZEN - CORAÇÕES GELADOS

Fui ao cinema assistir a uma animação da Disney chamada Frozen com a minha família, e tirando a correria que foi para chegar à tempo deu para curtir bastante os efeitos de 3D, as canções e a perfeição desta produção muito bem elaborada e com muita ação também.

Meus filhos gostaram bastante e quando eu comprar um blu-ray, este desenho estará no rol dos nossos preferidos.

Contudo, o que mais me chamou a atenção foi um determinado momento aonde a irmã mais nova - (Anna) - recebe um raio gelado em sua cabeça por acidente desferido por sua irmã Else. O Rei, pai das meninas, leva a Anna para que um Troll, conhecido seu, possa curá-la. 

O Troll então diz: "Sorte não ter sido o coração, o coração não pode ser mudado com facilidade, mas a cabeça é fácil de convencer."  Na mesma hora a minha mente cristã já fez um paralelo com a Bíblia Sagrada que nos ensina que o Espírito Santo "convence o homem do pecado, da justiça e do juízo. (João 16:7-8)" Ele faz a obra completa, converte a cabeça (metanóia) e muda o coração. Tudo ao mesmo tempo, mente e coração. Mesmo que alguns teólogos digam que os dois são a mesma coisa, gosto de fazer a diferenciação para um melhor entendimento. 

O mundo atual gosta disso, ele trabalha na cabeça das pessoas desde a mais tenra idade. Vejam os desenhos animados que as crianças assistem hoje. Eu me pergunto; por que na atualidade muitos desses desenhos simpáticos são monstros? Por que estão tentando passar a ideia de que monstros, bruxas, zumbis, etc, são coisas naturais e até mesmo boas. Um bom exemplo, é uma outra animação da Disney chamada "Monstros S.A", aonde existem monstros bons e monstros maus. Como se isso fosse possível. Eu sempre ensino para os meus filhos que monstros sempre são ruins. Sempre, é sempre mesmo. 

Na seara dos filmes, temos o Harry Potter, um bruxinho bom que está tentando descobrir como usar os seus poderes. Também ensino em casa que não existem bruxos bons, se é bruxo é ruim, se é magia, é do mal. Não existe a possibilidade de outro raciocínio.

Já quantos aos zumbis, ainda não vi nenhum bonzinho, mas o sobrenatural do inferno tem sido incutido nessas mentes férteis a todo o momento.

Os comerciais de TV estão seguindo a mesma tática da dominação das mentes. Aqui no Brasil o governo veiculou um comercial que incentivava o uso da camisinha, como se relações sexuais sem qualquer critério fosse algo tão natural quanto segurar na mão de namorado ou namorada. A banalização do sexo, das drogas e da violência é prática exaustiva nesse meio e assim seguem sem pressa com a implantação dos ideais marxistas nas mentes humanas. Quem teve a curiosidade de ler o texto "Marxismo cultural" da Linda Kimball reproduzido aqui neste blog, pode observar que a coisa não é recente. Eles não tem pressa, seguem o lema "devagar e sempre" para que o projeto de poder seja alcançado a qualquer custo.

Mudar mentes, destruir a cultura judaico-cristã, destruir a família natural e implantar a desordem institucional é a agenda dos esquerdopatas, pois se assim o fizerem, poderão fazer a revolução tão sonhada por eles sem darem um tiro sequer.

Querem mais um exemplo? Fui em uma grande loja de brinquedos que possui uma rede famosa no Brasil para comprar um presente de Natal para meus filhos e fiquei totalmente boquiaberto quando vi uma boneca zumbi com um carro estilizado em forma de caixão. Você não leu errado! Eu disse mesmo em forma de caixão!

Qual pai ou mãe que em seu juízo perfeito iria dar uma coisa dessas para seus filhos? Qual pai ou mãe, por mais doidinhos que sejam iriam fazer isso? Pois é, isso é um grande absurdo, mas dessa forma, essas pessoas irão ensinar as crianças que o ocultismo, a morte, a figura do diabo não é algo para ser desprezado. Que não existe bem e mal, e que um assassino pode ser uma pessoa boa, pois ele apenas mata, estupra, e destrói vidas porquê a própria sociedade capitalista, opressora, branca, heterossexual, reacionária não deu a ele - o assassino - chances para vencer na vida. Aí as crianças irão levar esses bonecos vudus para dentro dos seus quartos, para suas camas e para sua intimidade, travando contato desnecessário com demônios que irão destruir as suas vidas paulatinamente.

Depois alguns perguntarão por que o número de adolescente que buscam o ocultismo tem crescido e por que muitos estão se suicidando ou pior, tirando a vida de outras pessoas para verem apenas sangue jorrar pelo chão. 

A morte irá seduzi-los e os distanciará das questões morais que levam os seres humanos a respeitarem a vida alheia. 

Muitas questões estão envolvidas nisso e a rede é muito maior do que imaginamos. Os seus tentáculos estão em todos os lugares, inclusive em muitas igrejas que já se secularizaram e aceitam muita coisa que a Bíblia diz ser pecado.

Enfim, gostei da animação e indico aos cinéfilos de plantão. Creio que essa seja a tendência atual das animações: musical, comédia e ação. Uma fórmula infalível para o sucesso. Mas em meus 43 anos de idade aonde pelo menos uns 35 foram passados dentro da igreja evangélica, não tem como não fazer muitos questionamentos ao assistir qualquer coisa.

Que os nossos corações continuem sendo aquecidos por aquele que faz a obra completa, trazendo paz e vida por onde quer que passe.

Autor: Tom Alvim
Imagem: Google

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.