domingo, 22 de setembro de 2013

AS PISCINAS E OS RATOS

"Porque não há retidão na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua. (Salmos.5:9)"

Infelizmente os dias que se passaram revelaram àqueles que não queriam ver, a verdadeira imagem do nosso País. Impunidade generalizada, conchavos, falta de ética, falta de quase tudo. Menos de vergonha na cara.

Na terra aonde tudo que se planta dá, temos colhido corrupção, mentira e decepção, ou seja, só colhemos o que plantamos, e neste caso estamos plantando desde 1500. Já faz um bom tempo, não é mesmo? Mas a colheita está só começando, na verdade os que plantam não tem pressa. Por que o mau não precisa de muitos cuidados para ser colhido, ele naturalmente vem quando se teve o cuidado, mesmo que meio descuidado de se plantar, e assim plantasse nas escolas o socialismo/marxismo nas mentes inocentes dos infantes, depois usa-se a engenharia social e a mídia em geral, contaminada pela ideologia que a ONU paulatinamente vem despejando no ocidente.

E por falar em ideologia, lembro-me de um cantor popular brasileiro que disse em uma de suas música: "Suas piscinas estão cheias de ratos..." Já deixo bem claro que não tenho nenhum sentimento de simpatia por esse falecido cantor pop, mas essa letra é perfeita para o momento que estamos vivendo, pois estamos dentro de um local aonde os ratos estão nadando de braçada. Estão nas piscinas, estão nas escolas, estão nas repartições públicas, estão em muitas igrejas, estão na internet e acabaram de chegar nos refrigerantes. Bonitos por fora, com aparência refrescante, mas cheio de mosto por dentro. Assim caminha a humanidade, despejando em todos os lugares possíveis a tolerância, intolerante, o amor cheio de ódio e a verdade mentirosa.

As piscinas estão cheias de ratos e as mentes estão ficando dia após dia doutrinadas por aqueles que um dia foram - graças a Deus - derrotados. Eles pegaram em armas, mataram, roubaram e destruíram e hoje posam de heróis. Mas, talvez, esse seja o tipo de heróis que os brasileiros mereçam, pois "cada povo tem o governo que merece" e nós temos o nosso. Nas próximas eleições seremos movidos às urnas pelos nossos estômagos e não pelos nossos cérebros. Votaremos de acordo com nossos interesses mais mesquinhos e continuaremos sem pensar na coletividade, para pensarmos somente e tão somente em nós mesmos.

As piscinas e os ratos. Eles já não se contentam mais apenas com as piscinas, estão invadindo tudo e não terminarão até que o último canto da terra esteja preenchido por seu odor peculiar da mentira e do sarcasmo, marca registrada deste mundo pós-moderno, aonde basta um mergulho, ou um gole para que sejamos cotaminados.

Autor: Tom Alvim

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.