domingo, 28 de julho de 2013

A MARCHA DAS VADIAS!

Não assisti a reportagem que mostrou o acinte dessa "marcha", pelas ruas de Copacabana no Rio de Janeiro, mas li em alguns blogs críticas merecidas sobre o que ocorreu. A minha impressão é de que alguns se acham mais especiais do que outros e gostam de passar dos limites, até porque não conhecem o que isso significa.

Infelizmente, nossas autoridades não se importam com fatos dessa natureza, se e somente se, forem as "minorias" que estiverem à frente. Como pode se observar eram militantes gays que queriam afrontar, desmoralizar e destruir símbolos católicos no meio da Jornada Mundial da Juventude. Essas pessoas foram para o ajuntamento de fiéis católicos, jogaram crucifixos no chão e depois quebraram algumas imagens de santos desta religião, e pasmem, ficou por isso mesmo. 

Lembro-me de alguns anos atrás, quando um pastor da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) chutou uma "santa" em um de seus programas televisivos e ter ocorrido a maior perseguição contra os evangélicos em geral. Só não deram a pena capital para este infeliz, porque não temos isso em nosso Código Penal, a não ser em tempo de guerra, contudo, como são militantes gays, aí tudo bem. E viva a demoniocracia! E viva a liberdade! 

E por falar em liberdade, uma dessas manifestantes queria liberdade para o seu útero. Mas isso ela já tem, o útero é dela e ela faz o que quiser dele, contudo o FETO não é dela, o feto é uma pessoa independente da mãe, o que nos difere de um feto é apenas o tempo e a alimentação, mas nada. O ser que está dentro do útero de uma mulher é uma pessoa e tem o seu direito de viver. A MÃE NÃO É DONA DO FETO!



Vários são os erros cometidos por esses manifestantes que somente querem zombar da fé alheia e depois ficam pedindo respeito e tolerância, sendo que eles NÃO RESPEITAM A NINGUÉM, e só pensam neles próprios. Na imagem a seguir pode-se ver como essas pessoas que se orgulham do que são e do que fazem, gostam de manifestar suas opiniões. Imaginem quando as leis os protegerem e perseguir àqueles que simplesmente ousaram não concordar com suas práticas sexuais.

(A imagem por si só é desrespeitosa, agressiva e repulsiva)


Respeito é bom eu gosto! Para mim e minha crença e também para a crença do meu próximo.

Intolerantes pedindo tolerância. Heterofóbicos, cristãofóbicos, pedindo liberdade. Mais do que já tem para vilipendiar a fé alheia?

Autor: Tom Alvim
Imagens: Google

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.