quarta-feira, 12 de junho de 2013

RELAÇÕES ESTÉREIS

"Homem com homem dá lobisomem...
Mulher com mulher dá jacaré..."

Quando eu criança ouvia muito a frase acima, e também existia uma música do Tim Maia que era plenamente difundida pelas rádios nacionais que dizia o seguinte: "...só não pode dançar homem com homem e nem mulher com mulher..." engraçado, ninguém dizia ser uma canção homofóbica.

Hoje existe um lobby muito forte no mundo inteiro para fazer com que coisas abertamente anti-naturais se tornem de forma forçosa "naturais". Ouvi um pregador dizer que a inversão de valores é tão aceita na atualidade que ao invés do cachorro fazer xixi no poste, o poste é que vai fazer xixi no cachorro. Pois bem, na verdade "homem como homem não é coisa de homem e mulher com mulher não é coisa de mulher", como diz a letra da canção publicada neste blog e no Youtube com tamanha propriedade.

Vejam: 

O NATURAL: O relacionamento sexual entre um homem e uma mulher produz um lindo bebê que irá perpetuar a nossa espécie.

O ANTI-NATURAL: O relacionamento sexual entre seres humanos do mesmo sexo não produz vida nenhuma. Até a anatomia humana NÃO favorece o ato homossexual...isso é óbvio! Só não enxerga quem não quer enxergar.

Mentiras difundidas pelo movimento gay:

Casal gay - Isso não existe, pode existir dupla gay, parceria gay, mas nunca casais do mesmo sexo, isso é uma deturpação da palavra casal;

Homofobia - Outra deturpação, pois se alguém apenas discordar de condutas e dos comportamentos homossexuais será taxado de homofóbico;

Homoafetividade - Palavra deturpada também, pois até mesmo os heterossexuais podem ser homoafetivos, pois a palavra homo significa iguais e afetivos vem de afeto, ou seja homoafetivo é ter afeto por um igual, então um pais que ama seu filho e tem afeto por ele é homoafetivo.

Muitas outras mentiras são todos os dias tratadas como verdades e as pessoas não param para tentar entender o significado disso tudo, o fim dessa loucura toda serão pessoas confusas que rumarão para sua própria destruição. Vamos pensar!


Autor: Tom Alvim


0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.