sábado, 1 de junho de 2013

UM + UM = UM (A matemática de Deus para o casal)

"E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne." ( Marcos 10:8)

Por que muitos casais vivem em plena competição dentro de suas próprias casas? A resposta é muito simples para aqueles que entendem o significado do versículo acima, mas para aqueles que estão doutrinados pela "guerra dos sexos" é algo quase que normal. Não entendem que ao se unirem diante de Deus, deixam de ser dois e passam a ser um. Talvez essa matemática estranha do um mais um que dá um, não seja lá uma coisa muito lógica dentro da óptica humana, mas do ponto de vista espiritual é aonde nasce o altruísmo, o desprendimento, a generosidade e se morre o egoísmo. Ao nos tornarmos uma só carne, passamos a sentir as dores do outro, a nos alegrarmos junto com o outro, a querermos sempre o bem do outro; que na verdade sou eu mesmo, e essa junção de propósitos leva o casal a ter uma vida maravilhosa dentro de uma sociedade cada vez mais competitiva. 

Uma mulher doutrinada pelo feminismo poderá dizer: - Lá em casa temos dois salários, o meu e o nosso! referindo-se ao salário dela e do seu esposo respectivamente, mas uma mulher sábia e um homem sábio dirão que tudo lhes é em comum.

É por essa mentira implantada pelo diabo que muitas mulheres dizem sentir-se à sombra de seus maridos, que ascendem profissionalmente enquanto elas ficam em casa cuidando dos filhos. Essa visão equivocada, implantada pelo movimento feminista durante anos à fio tem feito suas vítimas, e não são poucas.

Dentro dessa relação una, existe espaço para a individualidade, mas não para o individualismo, quando as engrenagens vislumbram o bem comum e como casais seguimos em frente. Nunca como duas pessoas que se suportam por conveniências sociais apenas, nem tampouco para satisfazerem seus impulsos sexuais mais primitivos.

A vida à dois, tem que ser uma vida a...um
Um só espírito! Um só propósito!
Uma só carne!

Quem entende isso deixa de ver em seu cônjuge um adversário e se torna livre para a plenitude de vida que Deus planejou para aqueles que o amam e que querem obedecê-lo mesmo em um tempo aonde se ensina o contrário.

Um mais um igual a...um. Essa é a matemática divina. Perfeita e imutável!

Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.