QUANDO AS SOMBRAS SILENCIAM

Ficção espiritual que conta a estória de um casal de missionários, em meio a muita ação e aventura.

HOMENS QUE LUTAM

Nova série de artigos sobre atitudes que tornam os homens mais do que vencedores.

FAMÍLIA - O PAPEL DO HOMEM.

"Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, (Efésios. 5: 25)"

FAMÍLIA - O PAPEL DA MULHER.

"Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos. (Provérbios. 14:1)"

POEMAS - Para adoçar a vida!

Poemas que nascem no coração, cresce em nossa mente e alçam vôo em nossa imaginação.

Blog Impressões Sem Pressões

"Em meio a valores distorcidos em nossa sociedade, temos JESUS CRISTO como referencial perfeito!" (Tom Alvim).

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Ganhamos o dia!



Aqueles que tem me acompanhado neste blog desde o começo, sabem da luta que passamos nos primeiros dias de vida de nosso filho Lucas. Fiz breves relatos do que estava acontecendo, até porque não conseguiria escrever muito pensando na situação gravíssima em que ele se encontrava. Os textos estão aqui: Pedido de oração; O milagre está acontecendo; Deus falando; O temporal está passando; Novas postagens e finalmente - Devolta ao lar!

Foram dias intensos, de lutas intermináveis comigo mesmo e de oração incessante para o Pai. Creio que aprendi um pouco sobre essa excelente ferramenta que ainda não dominamos por completo - a oração! Talvez por preguiça, talvez por falta de fé ou apenas por que ainda achemos que não precisamos tanto dela assim. Mas o nosso Mestre nos ensinou através de seu próprio exemplo a importância de dobramos os joelhos e de nos quebrantarmos diante de Deus em reverência - daquelas quase inexistentes nos dias atuais, daquelas insólitas, ou de entrega total sem pensar em mais nada que possa nos mover do propósito divino de nos ligarmos a ele, para que os seus objetivos sejam concretizados em nossas vidas e o seu nome seja glorificado.

Pois bem, hoje levamos o nosso "Luquinha" para mais uma consulta médica. O doutor iria fazer uma avaliação de todo esse período em que estivemos ministrando uma medicação chamada amiodarona diariamente, duas vezes por dia, para controlar os batimentos cardíacos do Lucas. Ficamos olhando para o médico fazendo os cálculos e a sua avaliação, enquanto o nosso pequeno guerreiro estava alheio a tudo o que se passava ali. Para ele era apenas um lugar chato, com coisas chatas, não havia nada de interessante para ele brincar, a não ser um pequeno coraçãozinho de plástico que o instigava com suas cores e formas peculiares, alvo de suas ágeis mãozinhas, contidas somente pelo papai e pela mamãe. 

Depois de alguns minutos intermináveis veio a excelente notícia de que poderíamos suspender o medicamento na parte da manhã, e no aniversário do lucas que cai no dia 5 de junho poderemos suspendê-la por completo, e retornarmos para mais uma consulta apenas em agosto deste ano. 

O médico disse que "pelo andar da carruagem" nem precisaremos fazer o procedimento chamado ablação por radiofrequência, porque tudo estava colaborando para isso.

Ganhamos o dia, o ano, a vida! Em Cristo não ganhamos esta vida, mais o que é infinitamente mais importante, ganhamos a vida eterna nele, por ele e através dele!

Abro um parêntesis aqui: Não creio que Deus ame o meu filho mais do que outras pessoas que ainda não foram curadas, ou que nunca o serão. Creio apenas que Deus tem a sua forma de agir e muitas das vezes não iremos compreendê-la nesta vida. Se Deus o tivesse levado, agradeceríamos a ele pelos dias em que havia permitido termos tido o Lucas conosco, alegrando nossa casa com sua presença infantil e doce. Mas aprouve ao Criador deixá-lo sob os nossos cuidados por mais alguns anos, para que nós possamos cumprir o nosso papel de pais na difícil tarefa de ensina-lo no caminho em que deve andar, e desta forma crescermos juntos, como filhos de Deus que o amam e o temem.

Que Deus seja engrandecido por mais este milagre em nossa família. A ele toda honra e toda a glória para sempre. soli Deo gloria!


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng


quinta-feira, 26 de abril de 2012

"CHAcotas" RACIAIS!


Se aprovado no STF o sistema de cotas nas universidades, o Brasil deve começar uma nova fase em sua história, principalmente no que diz respeito à unidade nacional e justiça social

Como estamos em plena "ditadura da esquerda", todas a metas desejadas por eles estão sendo alcançadas.  

Primeiro foi a delimitação da reserva de recursos naturais para a ONU, ops! ou melhor, a reserva indígena Raposa Serra do Sol - uma nova nação dentro de outra nação - a marcha para a maconha, depois, o "casamento" gay, seguido do aborto de anencéfalos e agora os racialistas brasileiros conseguirão dividir-nos em "brancos" e "negros" através das cotas raciais. Terá sido o golpe final desta política discriminatória implantada em terras tupiniquins sob a tutela de ONGs internacionais como a Fundação Ford e assemelhadas. Golpe final? Reescrevo, pois esses que estão no poder são insaciáveis, eles sempre querem mais e com certeza não vão parar por ai. O tutano do osso não é o seu limite!

O nosso Supremo é totalmente politizado e jamais votaria algo contra o desejo daqueles que os puseram lá dentro. Um tribunal como este deveria ser composto somente por pessoas de carreira, sem o quinto constitucional, e sem indicação do Presidente da República. Chegando a este posto somente quem tivesse mérito para isso, e por falar em mérito; esse critério está sendo banido de nossas universidades que irão adotar as cotas raciais e as melhores mentes serão prejudicadas por uma lei paternalista, discriminatória e racista.

Escrevi um texto chamado "Black or white" a um bom tempo atrás e nele falo que "...lembro-me quantas vezes minha irmã foi chamada de branca azeda por pessoas que não eram "brancas" e quantas vezes os meus sobrinhos foram chamados de branquelos também por quem não era "branco". E por falar em meus sobrinhos, esses estão perdidos, pois são "brancos", pobres e não vão poder usar o sistema de cotas que está sendo implantado em algumas Universidades brasileiras, pobres meninos "brancos" ou estudam muito, ou nascem gênios, só não podem nascer "brancos", pois o Estado brasileiro não vai perdoar esse erro deles..." Quem quiser ler o texto na íntegra é só clicar neste link. 

Cresci no subúrbio carioca em meio a uma mistura "racial" incrível, aonde mulatos, mamelucos e cafusos (termos em desuso - agora somos brancos, negros, indígenas e/ou pardos) sempre; repito, sempre conviveram em harmonia pelo menos neste quesito. 

Nunca vi ninguém querer queimar uma casa de outras pessoas porque eram pretas, também nunca vi ninguém organizar perseguições de qualquer tipo por que alguém tinha mais melanina do que outros em sua pele. Ouvi algumas piadas de mau gosto sobre "pretos", mas também vi "pretos" desmoralizando "brancos" por terem o seu órgão sexual (segundo eles) menores que os dos "negros". Como será que chegaram a essa comparação? Nem quero saber!

Isso tudo, sempre seguidos de risadas de ambos e sem que ninguém se sentisse ofendido.

Hoje as coisas mudaram, o politicamente correto exige que chamemos os "pretos" de "negros", senão poderemos estar cometendo um crime gravíssimo contra a "raça negra". Outro dia no facebook alguém postou uma foto de uma menininha linda, negra e de cabelinho crespo, a frase criminosa escondida inteligentemente atrás de uma foto que faz qualquer um dar um sorriso de simpatia, pela bela figura angelical daquela criança, dizia: "O meu cabelo não é ruim, ruim é O SEU RACISMO!" Pasmem, alguém estava dizendo aos leitores, que nem ao menos os conhecem, que eles são RACISTAS. Um crime inafiançável e que se for realmente cometido deve ser punido severamente. 

Mas, alguns desavisados, ou desatentos ainda ficavam "curtindo" aquela calúnia. Da mesma forma em um canal da TV aberta passou, ou ainda passa, um comercial que pergunta aos telespectadores. "Aonde você esconde o seu RACISMO?". Gostaram das frases maquiavélicas? Tudo para que pareça algo correto e justo, aonde o Governo brasileiro luta a favor das minorias que sofrem dioturnamente o crime de racismo. Pura balela!

A falácia segue seu rumo, forjando dados, usando poemas, palavras de impacto e deturpando a verdade.

As cotas, infelizmente, serão aprovadas e tudo o mais que for contra o bom senso e a justiça também, pois o STF, como disse no parágrafo anterior, está legislando no lugar do congresso nacional através de tudo, opiniões, poemas, palavras de impacto. Menos adstritos à lei. O art 5º está sendo interpretado de qualquer maneira em nome de daquilo que não presta e nós brasileiros estamos assistindo ao show bizarro de arrogância misturada com ideologias nefastas, como se nada estivesse realmente acontecendo. 

Olho para os meus filhos e penso com os meus botões: "Pobres" crianças brancas, ou estudam muito para ficarem acima da média, ou vão ser discriminadas pelos tribunais raciais que irão se instalar e espalhar pelas universidades públicas Brasil afora.

Chacotas raciais, chacotas de nossas caras. 

É o Brasil mostrando a sua cara, como disse o "poeta" Cazuza em uma de suas músicas cantados por muitos e agora vivida por todos.


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stcok.xchng


Sugestões para leituras:



terça-feira, 24 de abril de 2012

The End





Estou escrevendo neste blog desde março de 2010, então são mais de dois anos tentado escrever o que penso sobre assuntos que acho relevantes. Mas, acho que o desânimo conseguiu me atingir, pois umas das coisas mais importantes para quem escreve é ter quem leia e comente mesmo que seja contrário ao seu pensamento. 


Pois bem, agradeço aos amigos que me acompanharam durante esse tempo e espero que em algum momento, algo escrito aqui tenha sido bênção em suas vidas. Quem sabe algum dia volto a postar na Internet as minhas impressões. 

Vou deixar o blog apenas mais alguns dias no ar e depois irei deletá-lo.

Para vocês verem, nem a enquete que coloquei no blog perguntando sobre o novo visual foi respondida. 

Para que serve um blog sem leitores? 

Apenas para gastar banda e espaço do Google...rs

Um abraço e que Deus continue a abençoá-lo sempre.

Para encerrar fica uma frase que esteve no template antigo deste blog: 

"Em meio a valores distorcidos em nossa sociedade, temos JESUS CRISTO como o nosso referencial PERFEITO!"

Imagem: Stock.xchng

terça-feira, 17 de abril de 2012

Seu filho não está nas mãos do acaso


 "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele." (Provérbios. 22: 6)


Seria este conselho do Rei Salomão uma verdade irrefutável? Afinal de contas está escrito na Bíblia e nós sabemos que ela foi inspirada por Deus para que tivéssemos segurança, Nele, nesta vida.

Pois bem, se pensarmos como alguns por ai iremos começar a fazer nossa própria interpretação bíblica dissociada totalmente daquilo que realmente deve ser. É o tal do desconstrucionismo, ensinado em muitas universidades e usado até na teologia, mesmo que essa não tenha sido a intenção de seu criador.

Já ouvi alguns "pregadores" dizerem tantas bobagens acerca deste e de tantos outros textos sagrados que resolvi escrever algo sobre este tema tão importante para nossas famílias.

Ouvi certa vez um pastor famoso no Brasil dizer que este texto não nos garante que nossos filhos ficarão firmes na Rocha até o fim, e essa afirmação dele deixou-me profundamente preocupado. Então a Bíblia nos garante o quê? Nos garante uma vida lançada ao acaso?

Este mesmo pastor em uma de suas pregações quase "destruiu" o que penso sobre oração e no final deixou um gosto amargo de impotência espiritual em minha boca e em meu coração, pois em resumo a oração, para ele, não devia ser uma conversa diária com Deus, uma intimidade constante, mas apenas um estado de espírito que não iria requerer de nós esforço algum. Ele gosta de quebrar paradigmas, eu também, mas não de forma irresponsável só para dizer que sou do contra.

Uma criança, é como diz o conhecimento popular "uma esponja" que absorverá tudo o que seus pais, a televisão, a Internet, as "tias" da escola, os professores da igreja, os traficantes, os homossexuais, os pedófilos e todos aqueles que estejam presentes no dia-a-dia do infante, seja ele amigo ou não, seja ele um cristão ou não, os ensine. Seja através de palavras ou de atitudes.

A criança está vulnerável e por esse motivo aqueles que devem cuidar delas precisam entender isso. Se não tivermos trabalho enquanto estes são pequenos, iremos com toda a certeza ter muito trabalho quando crescerem, pois o título de pais é irrevogável e só acaba quando descermos a sepultura. É algo que irá nos acompanhar por anos a fio e devemos pensar em prepara-los muito bem para viver em plenitude esta vida.

Lembro-me de quando era criança e o meu pai me mandou ceder o lugar aonde estava sentado dentro de um ônibus, para uma mulher grávida. Nunca mais me esqueci disto e passei ao entrar e sentar-me em qualquer condução coletiva, a ficar sempre atento para oferecer o meu lugar para quem realmente precisasse. Aprendi que os assentos não eram para mim enquanto jovem e forte, mas sim para aqueles que estivessem ou fossem mais frágeis e necessitados do que eu.

São nas pequenas coisas que moldamos o nosso caráter e as crianças são como um pedacinho de barro em nossas mãos que estão prontas para darmos os retoques necessários.

Herem Berg no site www.artigonal.com diz no texto "Formação da personalidade e caráter da criança" que: "Até os seis anos o cérebro está em formação e na maioria das vezes não percebemos o quanto somos observados e imitados por nossos filhos. A criança estabelece uma relação com o mundo vivenciando o que está sendo passado através do que ela observa, escuta e percebe."

Agora vejam como ele termina o seu texto: "Os pais precisão estar atentos de que a escolha de quem e como seu filho será educado é uma tarefa difícil, mas necessária para o desenvolvimento da personalidade e do caráter da criança."

Os nossos filhos foram gerados e trazidos ao mundo por nós. Nós fizemos esta escolha e somos responsáveis por eles, não podendo delegar a outros o que é tarefa nossa. Essa geração que está ai hoje é a geração da creche, a geração dos pais-avós, a geração dos sem pais. Assim como existem os sem-terras, os sem-tetos, existem, infelizmente, os sem-pais. Serão crianças confusas, deixadas ou largadas a própria sorte em um mundo que não perdoa os despreparados.

O texto de Salomão surtirá efeito somente se uma série de outros fatores forem trabalhados com muito cuidado. Não é somente ensinar de forma fria e mecânica sobre temas da Bíblia, isso será intediante e produzirá efeito contrário na vida de nossos pequeninos. Este ensinar, trás em si uma gama de valores que já devemos ter inculcado em nós mesmos, para somente depois passarmos para eles. Devemos amar a Deus acima de TODAS as coisas, para que eles também o amem.

Devemos amar ao próximo, para que eles não caiam nas armadilhas do politicamente correto e amem ao próximo de verdade, sem falsidades e sem modismos.

Devemos viver o que pregamos e como um cão que guarda o seu território, ficarmos atentos para as investidas do inferno contra nossa prole.

Não é fácil, mas quem disse que seria? É difícil, irá trazer desconforto em certos momentos, mas será recompensador, ver uma criança tornar-se adulto e gerar frutos, ou melhor assim que ela crer em Jesus Cristo, gerar o fruto do Espírito Santo. Como disse um conhecido meu uma frase em inglês, "no pain, no gain", ou seja sem dor, sem esforço, sem trabalho, não existe o ganho, não existe a recompensa. Aquele que pensa que a graça veio para forjar preguiçosos está totalmente equivocado e confundindo graça com facilidades e corrupção, mas nunca da forma correta como a Bíblia nos ensina.

Ensina seu filho nos caminhos de Deus e ele terá isso em seu coração para todo o sempre.

O maior presente que podemos deixar para os nossos filhos é o temor ao Senhor e alicerçados nisso eles voarão como águias por este mundo tenebroso. Estando mais preparados, para através da Palavra de Deus abençoar e exalar o cheiro suave de Cristo por onde passarem.

Mas lembre-se, a escolha é sua, pai, mãe, ou quem esteja desempenhando estes papéis. Seu filho não está nas mãos do acaso e por acaso se escolhermos descansar agora deitados diante de um aparelho de televisão ou de um computador o tempo todo, iremos nos desgastar e talvez não resolvamos o que poderia ter sido inculcado nos coraçãozinhos jovens e sedentos pela verdade suprema da Palavra de Deus.

Não criamos os nossos filhos para o mundo, criamos os nossos filhos para Deus, para amá-lo de todo o coração.


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Missão Integral ou light?


Fico realmente impressionado com a facilidade com que os cristãos liberais de hoje inventam novas teorias, ou como quiserem, novas teologias a cada segundo. A missão integral é uma delas. Na verdade a missão integral é Bíblica, não existe uma missão light, ou é missão ou não é nada. Ela encontra respaldo em vários textos sagrados.

Contudo, o uso que querem fazer desta "missão" é que traz grandes prejuízos àqueles que acreditam nela e se enveredam por seus caminhos; não da missão em si, mas DO USO QUE ESTÃO FAZENDO DELA. Pense bem: A missão que Cristo nos deu engloba todos os aspectos necessários ao ser humano - Já é assim na Bíblia! Criar uma nova terminologia para isso é trocar seis por meia dúzia.

O evangelho de Jesus Cristo já é INTEGRAL, ninguém precisa inventar um outro evangelho que traga em seu nome um adendo ou um anexo que nos faça compreende-lo melhor. No livro de Mateus, capítulo 28 em seus versículos 19 e 20 diz que: "Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém."

Também no livro de Gálatas diz para que ajudemos primeiro os da fé e depois os de fora da igreja. Então, a prioridade são os que estão próximos a nós. Devemos pregar o nome de Jesus Cristo e se for possível fazer as boas obras. Não troquemos os "carros pelos bois". Primeiro pregamos, depois ajudamos! A ordem dos fatores não alteram o produto, desde que PREGUEMOS O EVANGELHO.

O mais importante é entendermos que de nada adianta uma pessoa ter seu estômago cheio de comida e ir para o inferno. A prioridade é falar de Cristo e dentro das possibilidades ajudar aos necessitados. Prefiro ir de barriga vazia para o céu a ir para o inferno saciado. A grande questão da "Missão Integral" é que ela tenta tirar o foco desta prioridade e entrar por um viéis mais IDEOLÓGICO do que do amor.

As ideologias nos prendem a grupos, sejam eles políticos, religiosos, filosóficos, acadêmicos, etc. O amor nos leva a ajudar sempre aqueles que estão ao nosso redor, sem amarras. Volto a dizer que a Bíblia já nos ensina uma missão integral e que não há necessidade nenhuma de uma nova visão sobre esse conceito, a não ser que existam interesses escusos por trás disso e com certeza existem.

A "missão integral" é uma variante da teologia da libertação que foi criada por um padre "ex-comungado" da igreja Católica e ganhou força na América latina nas chamadas congregações de base. Com cunho puramente político, usa e abusa dos termos velhos e embolorados do comunismo/socialismo e se envereda por doutrinar aqueles que estão sob o seu alcance. É o socialismo puro em sua ânsia de abranger seus tentáculos dentro da chamada igreja evangélica brasileira. Dominando tudo e a todos.

O mais triste disso tudo é a igreja está sendo bombardeada por vários líderes influentes que pregam essa teologia de esquerda como sendo algo puramente libertador e maravilhoso. É mentira! O diabo quer tirar o foco, como sempre, de Cristo e levar o povo de Deus para o engajamento político partidário, para ONGs diversas e para uma alienação total do verdadeiro evangelho. Devemos ser seres apolítocos? Claro que não, mas essa discussão merece um post só para ela.

Finalizo este pequeno texto, dizendo que as obras são necessárias, mas elas não salvam ninguém da perdição eterna. Ao sermos salvos iremos fazer boas obras porque entendemos ser certo, mas nunca ficaremos escravos de nada e de ninguém que não seja o próprio Deus. A escravidão ideológica é o próximo passo para aqueles que não pensam e que aceitam tudo pronto de alguns púlpitos que estão disseminados pela Internet e outros meios de mídia.

Não é porque admiro alguém que irei acreditar em tudo que esse alguém diz. Irei, à LUZ DA BÍBLIA, confrontar SEMPRE o que qualquer pessoa diga. Ainda mais quando o que ela disse estiver exalando um cheiro forte das doutrinas marxistas e suas variantes.

"Missão Integral" é ser o que Bíblia já ensina a muito tempo, basta por em prática e deixar de querer ser o revolucionário com ideias destrutivas e liberais.

Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng



Obs.: Achei este vídeo no Youtube e gostei bastante. Creio que ainda existem pessoas no Brasil que usam o seu cérebro para pensar. Ainda bem!


Mateus 28:20
Mateus 28:19
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Mateus 28:19
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
Mateus 28:19-20
Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
Mateus 28:19-20