domingo, 16 de dezembro de 2012

É Natal? Depende!


"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz." (Isaías. 9: 6)

Natal, dias de compras de última hora, casa cheia, crianças correndo pela sala, ceia natalina e a demonstração mais clara e evidente que existe nos doze meses de um ano inteiro do vazio humano e de suas maiores frustrações. Já ouvi algumas pessoas dizerem que é nesta data que se sentem mais sozinhas e com a sensação de vazio interior aflorando em suas intimidades. Muitos se isolam e outros fingem uma alegria que está apenas estampadas em seus rostos, mas no fundo de seus corações estão tristes e sofrendo, porque o menino para eles ainda não nasceu, o protagonista da festa, na verdade, está esquecido.

Cristo para essas pessoas não significa muita coisa, elas foram doutrinadas desde pequenas a acreditarem no consumismo desenfreado e a pensarem que Natal é coisa de Papai Noel e um momento em que devemos nos tornar mais tolerantes, bondosos e generosos. É neste dia que o ser humano deve amar ao próximo para depois voltarem a suas vidas egoístas e longe de próximo, o mais longe que puderem ficar.

Quando, através da proclamação do evangelho verdadeiro, elas deixarem Jesus Cristo nascer em suas vidas e compreenderem através da ação milagrosa do Espírito Santo que a suas atitudes mudarão para melhor dia após dia, o Natal fará sentido e deixará de ser um dia no calendário para ser uma verdade encrustrada em seus corações. Algo tão marcante para elas que sempre resultará em coisas boas, pois o Fruto do Espírito Santo é uma coisa boa. Esse fruto se evidencia em nossas atitudes diárias, em nossos pensamentos mais profundos e se torna parte integrante de nossa própria essência de vida, pois não há como deixar para trás algo tão maravilhoso como a salvação de nossas almas.

O verdadeiro Natal começa em Cristo e jamais termina, pois ele é eterno e a sua paz nos conduz por um caminho maravilhoso; o próprio Cristo, sempre e sempre. Amém!


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng


0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.