sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Por que as autoridades brasileiras fazem vista grossa para o racismo às avessas?

Um site que se diz antirracista publica texto que faz a apologia do estupro de brancas; as crianças “talvez” sejam poupadas…

A tal Renajune (Rede Nacional da Juventude Negra) tem uma página na Internet. Está no ar um, como direi?, “poema” intitulado “Antropofagia”. Só lendo para crer (segue conforme o original)
Antropofagia
Devorarei a tua carne

Devorarei pela minha carne
Pela carne arrancada a chicotadas
Devorarei tuas entranhas
Devorarei sim, essas porcas entranhas
Por sequestrar meu povo à terras estranhas
Devorarei a tua alma
Omissa
Quando fez a minha gente submissa
Comerei teus olhos cegos
Egos,
Covardes
Falsos ternos
Não me nego
Escalpelarei-te
Estriparei-te
Estuprarei-te
Minhas mulheres ainda lembra…
De suas crianças
quero apenas as consciências
Que é a unica parte que ainda tem pureza…
Talvez…
Voltei
Como se nota, o ideal de reparação da Renajune é a vingança — física mesmo! — contra os brancos, daí a apologia até do estupro. Por enquanto, o autor só consegue estuprar a mesóclise, a concordância, a crase e a acentuação. Mas a gente nota que não falta disposição para violar mais do que as normas da língua.
Na África subsaariana, os tutsis fazem com os hutus isso que o autor pretende fazer com brancas e brancos. Os hutus fazem com os tutsis Isso que o autor pretende fazer com brancas e brancos. As milícias islâmicas sudanesas fazem com os cristãos isso que o autor pretende fazer com brancas e brancos.
Hutus são negros.
Tutsis são negros.
Os estupradores sudaneses são negros.
Os estuprados sudaneses são negros.
Quando negros matam negros, os assassinos se tornam brancos? Quando negros estupram negros, os estupradores se tornam brancos? É a cor da pele que matou e mata ou são os indivíduos e suas relações de poder, antes como agora?
A mesma turma
A Renajune é aquela turma que fez um vídeo sobre cotas que prega abertamente o ódio racial. Contou com o apoio de uma ONG chamada Instituto Cultural Steve Biko, que é financiada por entidades que recebem doações de alguns potentados da economia mundial.
É evidente que um site de brancos que falasse linguagem parecida seria considerado, sei lá, coisa de “neonazistas”. Com razão, seus responsáveis seriam enquadrados pela Polícia e pela Justiça e legalmente responsabilizados pela boçalidade. “Ah, Reinaldo, isso é coisa de uma minoria e não representa o movimento negro”… Sei. E por que a imprensa e o Ministério Público fazem tanto estardalhaço quando se descobrem páginas de idiotas brancos que propagam o racismo? Também não são eles uma minoria? Também não eram uma minoria extrema os que espancavam gays na Paulista?
Qual intolerância é tolerável e qual não é? A mim me parece que toda intolerância e intolerável.
Manter essa barbaridade no ar incentiva o vale-tudo. Um crime racial não precisa ser influente para ser um crime racial — contra pretos, brancos, vermelhos, amarelos…
Para encerrar: notem que o “poeta” considera a hipótese de não estuprar ar crianças brancas — destas, ele diz, só quer a consciência, que ainda conteria pureza. Mas ele achou que isso poderia representar uma concessão inaceitável ao inimigo e resolveu relativizar a constatação: “talvez” exista pureza, só “talvez”… Afinal, sabem como é, trata-se de uma criança branca…
Por Reinaldo Azevedo

Obs.: Editado em 08/08/2015: O tal "poema" foi retirado do site em questão e eu fui um dos que o denunciaram pela publicação racista que estava publicada por lá. O racismo é terrível, seja por parte de brancos contra negros ou de negros contra brancos. Nunca deve ser tolerado!

9 comentários:

  1. Creio, Tom, que este é ponto da tão propalada "dívida histórica": ela é, na verdade, uma arquitetura da vingança! Ótima análise do Reinaldo. Abraços sempre afetuosos. Fábio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fábio,
      o Reinaldo Azevedo é um dos poucos jornalistas da atualidade que é honesto em suas análises e que enxerga com clareza o que este governo com suas ideologias nefastas tem implantado no Brasil. Obrigado pelo comentário.
      Em Cristo,
      Tom.

      Excluir
  2. Tom,

    o que o governo brasileiro faz, com a conivência e endosso da maior parte da sociedade, é justamente isso: guerra de classes, de raças, e o que mais puder gerar conflitos. O que eles querem é o caos, a desordem moral e intelectual para implementarem o ajuste final da revolução: o totalitarismo em que negros e brancos, homos e heteros, patrões e empregados serão nada além de um cisquinho numa praia. Todos os "movimentos" libertários e igualitários que eles fomentam, a partir da ignorância e cegueira geral, subsistirão enquanto for-lhes necessário. A ditadura marxista tratará de, imediatamente, extirpá-los tão logo o golpe final aconteça. Surto? Teórico da conspiração? Basta ler um pouco da história e ver o que Lénin, Stálin, Mao, Castro e outros fizeram com os seus aliados e com as "minorias" instantes após chegarem ao poder.

    Sociológos, antropólogos, psicólogos e filosófos marxistas construíram um ambiente belicoso por décadas, insuflando a consciência popular da injustiça a que foram submetidos operários, negros, índios, mulheres, etc, e a necessidade de reparação por algo que não sofreram, numa busca incessante pela desordem mental e social, tornando-nos mais e mais suscetíveis ao controle e domínio de uma casta que se autodenominou “iluminada”, em que eles e nós, no final-das-contas, estaremos como cegos em tiroteio.

    Qual de nós pode ser culpado pelo que aconteceu há 100, 200, 300 anos? Mas somos responsáveis, hoje, por permitir que a nossa consciência seja corroída pelo embuste, pela falácia, pelo cinismo e impudência de que é possível reparar o irreparável condenando o incondenável. E tudo começa quando não se percebe a responsabilidade que se tem, inclusive de se fazer a verdadeira justiça , enquanto se luta por algo imaginário, que nem mesmo pode ser chamado de "segunda realidade", mas é uma irrealidade, pior que o mais doentio delírio. Ao se buscar uma justiça para o passado [que raios vem a ser isto?], continuamos injustamente não fazendo a justiça hoje, nem no futuro.

    A legislação atual faz, cada vez mais, acentuar todo esse quadro de injustiça, ao ponto em que, como nos filmes da série Mad Max, os homens lutarão, cada um por si, como nenhum bárbaro jamais poderia imaginar-se como tal [alguém duvida de que isso aconteça? Basta ver os acontecimentos em S.P, p. ex., para se perceber que os bárbaros estão no controle; graças ao sucateamento premeditado da força policial, e mais do que isto, de todo o sistema legal e judicial, o que significa dizer que a sociedade está em frangalhos e não se percebe em ruínas, enquanto arrota caviar comendo bolor.

    Então, quando todos os instrumentos de equilíbrio social estiverem extintos, a força do Estado se fará presente, para implementar a sua "ordem", e aí é que a porca torcerá o rabo... Pode durar décadas e séculos, mas o homem está construindo para si mesmo uma fornalha em que ele é o combustível [se lembrarmos, p. ex., que na Rússia czarista foram necessários pouco mais de 50 anos para a revolução bolchevique, e de que na Alemanha o Nazismo alcançou o poder em pouco mais de duas décadas, os nossos prognósticos podem significar alguns anos talvez].

    Meu irmão, eu não sei mais o que pensar. Tem momentos em que, se não fosse a paz que Cristo nos dá, e a esperança no porvir, abandonar tudo seria uma ótima solução para a aflição deste mundo. Mas temos um trabalho a fazer... Então, façamo-lo. E denunciar o cativeiro da mente do homem atual a tudo que de pior se produziu pelo próprio homem, faz parte desse trabalho.

    Que o bom Deus tenha misericórdia de nós!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que aula maravilhosa nesse seu comentário, gostaria de publicá-lo neste blog se me permitir.
      Diante de tudo isso que já está acontecendo e daquilo que ainda está por vir, só mesmo a paz de Cristo para nos conduzir pelos seus caminhos, sabendo que a história é cíclica e que a igreja primitiva sofreu toda sorte de perseguições em nome de Jesus Cristo, mas os que permaneceram firmes foram salvos. Essa sociedade está adoecendo e o pecado é o causador disso, iremos ver ainda muitos outros absurdos acontecendo no Brasil e mundo afora, pois o diabo vai minar os alicerces da moral para destruir a todos.
      Fico muito triste em ver algumas pessoas que são tão sugestionáveis e não conseguem de maneira nenhuma ver que essas ideologias implodem o ser humano de dentro para fora com seu ódio e após destrui-lo, destruirá a todos que estiverem a seu alcance. O "engraçado" é que quando criança achava que tudo teria uma solução a médio prazo e por não conhecer a Cristo acreditava que a resposta estava nas pessoas boas, mas depois que o conheci entendi que a resposta está nele, mas também sei que este mundo não tem solução, ele caminha para a destruição e a nós como você disse "temos um trabalho a fazer"...proclamar a Cristo e vivermos para Ele sempre,
      Abraços de seu irmão em Cristo,
      Tom Alvim.

      Excluir
  3. Tom,

    depois que postei o comentário é que vi, no rascunho [pois escrevo o comentário antes no word para não correr o risco de perdê-lo, o que já aconteceu várias vezes] que cometi erros grassos de ortografia; perdoe-me os "sociológos", "filosófos", e "vem" que digitei. É nisso que dá escrever e não revisar achando que não se erra, pois errar é humano, mas erra quem quer ou não sabe, o que não exclui a culpa pelo deslize.

    Terei mais cuidado da próxima vez, assim espero.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erros de digitação acontece...eu mesmo erro bastante, mesmo revisando alguns textos várias vezes...:-) Obrigado acrescentar bastante com seus comentários.
      Em Cristo,
      Tom Alvim.

      Excluir
  4. Apenas reclamar não adianta nada.

    Quem se sentir incomodado, faça a denuncia enviando o link do site http://renajune.blogspot.com.br/2012/04/antropofagia.html para a página da Polícia federal: http://denuncia.pf.gov.br/

    ResponderExcluir
  5. Fiz a denúncia, agora é esperar para ver se este "poema" é retirado do ar e seu autor punido pela lei. Obrigado pela informação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje por curiosidade fui ao tal site dar uma olhada para ver se o poema racista ainda estava lá e constatei que foi retirado e trocado por outro. Já é um avanço.

      Excluir

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.