sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Coeficiente IMORAL


Olhar a banda passar é a característica de muitas pessoas nos dias de hoje. Deixam a vida levar: seus sonhos, suas convicções e suas opiniões. Talvez por medo da crítica ou medo de se exporem, aí vão vivendo no anonimato que é confortável, mas que vicia e acaba sufocando quem o adota.

Não votei NUNCA no PT e jamais votarei neste partido político, pois não concordo com uma linha de sua ideologia, motivo mais do que suficiente para isso.

Em um certo momento do vídeo acima o Pastor Silas Malafaia fala que não apoia partidos políticos e me fez lembra de um tal de coeficiente eleitoral. Se você nunca ouviu falar dessa aberração leia o artigo deste blog e com certeza nunca mais votará sem lembrar deste assunto.

No meu caso, só voto em pessoas. O meu voto vai para quem me apresentar um real programa de governo e que tenha uma vida transparente sem defender bandeiras de minorias que hoje no Brasil e no mundo estão com "a bola toda" e com um poder incrível. Movimentos como: movimento gay, MST, ativistas negros, defensores do aborto, feministas, etc. Não voto em partido por saber que o meu voto na verdade é endereçado à ele. Se o meu candidato não obtiver a quantidade necessária para ser eleito, o MEU voto vai para aquele, deste partido, que tenha tido a maior votação no geral. Isso é mais do que uma vergonha. É um afronte ao estado democrático de direito. 

E o pior, talvez a nossa sociedade nem saiba disso, ou se sabe finge que não sabe, porque não vejo ninguém se incomodando com esta situação. 

Não há debate, em qualquer instância contra este coeficiente imoral, ou melhor eleitoral.

Fica aqui o alerta para todos nós que estamos sendo USADOS para ajudar a eleger pessoas que não queremos no poder. Pense nisso e leia o artigo, seu voto nunca mais será o mesmo.

Autor: Tom Alvim.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.