domingo, 16 de setembro de 2012

Um deus insuficiente

Temos no Antigo Testamento: "Olhai para mim, e sede salvos, vós todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro." (Isaías. 45:22) e no Novo: "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa" (Atos. 16:31). Isso é o suficiente para que possamos começar a nossa caminhada com Deus de forma simples, contudo, eficaz. Olhando para o Pai, crendo em Cristo e recebendo em si a sua marca e o seu sangue que nos purifica de todo o pecado.

Mas, mesmo diante deste e de inúmeros outros textos bíblicos que nos mostram a simplicidade do evangelho e da suficiência de Cristo existem muitos líderes que se chamam pelo nome de cristãos que inventam outras formas esquisitas de se tentar chegar a Deus. Esquecem-se do que é vivo e eficaz e buscam muletas para si e para os seus seguidores. Esses gurus da fé proliferam-se a cada dia e enganam a muitos com suas práticas pagãs e hereges, fazendo da Palavra de Deus algo insuficiente e ineficaz.

Arrepia-me quando vejo tais práticas religiosas e meu coração fica apertado vendo que é isso que o povo quer para si, pois poucos são aqueles que querem Deus pelo que ele é e não apenas pelo que pode fazer. Se hoje tivéssemos homens como Mesaque, Sadraque e Abednego que disseram ao Rei em Daniel. 3: 17, 18: "Se o nosso Deus, a quem servimos, quer livrar-nos, ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e das tuas mãos, ó rei. Se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a teus deuses, nem adoraremos a imagem de ouro que levantaste." 

 Isso é exemplo de fé em Deus e em suas promessas, não se agarrando a nada que não seja verdadeiro. Não se agarrando a conhecidos influentes, a tapete ungido, águas ungidas, crentes com oração poderosa (curandeiros evangélicos), super profetas, imposição de mãos feitas por "homens de Deus", fronha ungida, etc. A lista é enorme e em um primeiro momento até nos faz rir, mas depois visto a gravidade da situação nos mostra a triste realidade do misticismo-evangélico dos dias atuais. Crer em Jesus Cristo já não é o suficiente. Saber que o SANGUE de Jesus nos purifica de todo o pecado também não. Daqui a pouco teremos crentes pagando penitências, isso se já não existir por ai.

O evangelho puro e simples é para aqueles que amam a Deus pelo que ele é e não pelo que pode fazer, como foi dito acima, e isso se traduz pelo que pedem em suas orações e para que pedem. Que possamos seguir nosso caminho tendo em Deus a nossa paz e que ele seja, assim como o é, simplesmente SUFICIENTE.


Autor: Tom Alvim.
Imagem: Stock.xchng

2 comentários:

  1. 'O evangelho puro e simples é para aqueles que amam a Deus pelo que ELE É e NÃO pelo que pode fazer. Que possamos seguir nosso caminho tendo em Deus a nossa paz e que ELE seja, assim como o é, simplesmente SUFICIENTE".

    Lindo demais...Se todos nós...pensássemos assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Clelia, que bom que existem muitos que também entendem desta maneira, ou seja, ainda há esperança...rs Creio que ao conhecermos a Deus isso fica muito claro em nossas vidas e apenas algumas minorias com má intenção procuram enganar o povo, mas esses terão sua recompensa um dia. Oremos por eles e também por nós para que possamos amar a Deus independente do que pode nos dar e quando menos esperarmos ele nos dará o que precisamos de forma incrível. Abraços e obrigado pelo comentário. Deus te abençoe sempre.
      Tom Alvim.

      Excluir

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.