segunda-feira, 30 de abril de 2012

Ganhamos o dia!



Aqueles que tem me acompanhado neste blog desde o começo, sabem da luta que passamos nos primeiros dias de vida de nosso filho Lucas. Fiz breves relatos do que estava acontecendo, até porque não conseguiria escrever muito pensando na situação gravíssima em que ele se encontrava. Os textos estão aqui: Pedido de oração; O milagre está acontecendo; Deus falando; O temporal está passando; Novas postagens e finalmente - Devolta ao lar!

Foram dias intensos, de lutas intermináveis comigo mesmo e de oração incessante para o Pai. Creio que aprendi um pouco sobre essa excelente ferramenta que ainda não dominamos por completo - a oração! Talvez por preguiça, talvez por falta de fé ou apenas por que ainda achemos que não precisamos tanto dela assim. Mas o nosso Mestre nos ensinou através de seu próprio exemplo a importância de dobramos os joelhos e de nos quebrantarmos diante de Deus em reverência - daquelas quase inexistentes nos dias atuais, daquelas insólitas, ou de entrega total sem pensar em mais nada que possa nos mover do propósito divino de nos ligarmos a ele, para que os seus objetivos sejam concretizados em nossas vidas e o seu nome seja glorificado.

Pois bem, hoje levamos o nosso "Luquinha" para mais uma consulta médica. O doutor iria fazer uma avaliação de todo esse período em que estivemos ministrando uma medicação chamada amiodarona diariamente, duas vezes por dia, para controlar os batimentos cardíacos do Lucas. Ficamos olhando para o médico fazendo os cálculos e a sua avaliação, enquanto o nosso pequeno guerreiro estava alheio a tudo o que se passava ali. Para ele era apenas um lugar chato, com coisas chatas, não havia nada de interessante para ele brincar, a não ser um pequeno coraçãozinho de plástico que o instigava com suas cores e formas peculiares, alvo de suas ágeis mãozinhas, contidas somente pelo papai e pela mamãe. 

Depois de alguns minutos intermináveis veio a excelente notícia de que poderíamos suspender o medicamento na parte da manhã, e no aniversário do lucas que cai no dia 5 de junho poderemos suspendê-la por completo, e retornarmos para mais uma consulta apenas em agosto deste ano. 

O médico disse que "pelo andar da carruagem" nem precisaremos fazer o procedimento chamado ablação por radiofrequência, porque tudo estava colaborando para isso.

Ganhamos o dia, o ano, a vida! Em Cristo não ganhamos esta vida, mais o que é infinitamente mais importante, ganhamos a vida eterna nele, por ele e através dele!

Abro um parêntesis aqui: Não creio que Deus ame o meu filho mais do que outras pessoas que ainda não foram curadas, ou que nunca o serão. Creio apenas que Deus tem a sua forma de agir e muitas das vezes não iremos compreendê-la nesta vida. Se Deus o tivesse levado, agradeceríamos a ele pelos dias em que havia permitido termos tido o Lucas conosco, alegrando nossa casa com sua presença infantil e doce. Mas aprouve ao Criador deixá-lo sob os nossos cuidados por mais alguns anos, para que nós possamos cumprir o nosso papel de pais na difícil tarefa de ensina-lo no caminho em que deve andar, e desta forma crescermos juntos, como filhos de Deus que o amam e o temem.

Que Deus seja engrandecido por mais este milagre em nossa família. A ele toda honra e toda a glória para sempre. soli Deo gloria!


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng


7 comentários:

  1. Uau, Tom. Que história de luta da família de vocês! Mande o meu abraço ao Luquinha. Vou estar lendo os outros posts indicados para poder glorificar a Deus junto com vocês. Deus os abençõe em cada passo dado em família neste maravilhoso caminho chamado vida!

    Abraços sempre afetuosos.

    Fábio.

    ResponderExcluir
  2. Tom,

    os caminhos do Senhor são perfeitos e santos, e as provações veem muitas vezes para que nós e outras pessoas nos apercebamos disso. Fico feliz com o seu testemunho, tanto quanto pela cura e restabelecimento do Luquinha. E creio que o que vale é isso, testemunhar o que Deus faz mas também quem ele é, mesmo que diante das situações não compreendamos os seus motivos imediatos, mas sabemos que em tudo ele será glorificado.

    Que o bom Deus, em sua infinita misericórdia lhe conceda uma multidão de anos ao lado da sua esposa e do seu filho, e que sempre sejam instrumentos, como têm sido, para a glória e louvor do seu santo e bendito nome.

    Grande e forte abraço!

    ResponderExcluir
  3. Fábio e Jorge,
    obrigado pelas palavras. Realmente Deus mexeu com o nosso mundo, mas foi desta forma que ele nos levou para mais perto de sua presença, fazendo com que nos sentíssemos amados por ele e pelos irmãos que oraram pela vida do Lucas. Irmãos que nem conhecíamos estavam de joelhos dobrados intercedendo por essa causa. Foi uma experiência e tanto. Este testemunho é bem mais profundo do que consegui passar para o "papel".
    Um grande abraço e que Deus os abençoe sempre.

    ResponderExcluir
  4. Deus seja louvado por tudo em nossas vidas.
    Estou muito feliz com a cura do meu sobrinho, e por ter participado em oração a um Deus que responde.
    sua mana Denise

    ResponderExcluir
  5. É isso mesmo Denise. Deus colocou vocês em nossas vidas para, em momentos como esse, nos ajudarem em oração. A oração do justo pode muito em seus efeitos. Por isso, nossos irmãos em Cristo foram tão importantes assim, e ainda mais você por ser minha mana de sangue e em Cristo também.
    Bjos para todos.

    ResponderExcluir
  6. Tom, é o corre-corre? Quando vai nos presentear com novas impressões (sem pressão rsrsrs).

    Abraços sempre afetuosos.

    Fábio.

    ResponderExcluir
  7. Grande irmano Fábio,
    acho que é o corre-corre misturado com uma certa falta de inspiração...rs Até eu estranhei, este está sendo o mês mais "vazio" de todos. Não que falte assunto - a Bíblia está recheada deles, mas as vezes sento em frente ao CPU e, nada! rs rs.
    Vou ver se encontro um tempo para ler e digerir o que foi lido para depois passar as minhas Impressões para cá, mas sempre sem Pressão...rs
    Abraços fraternais amigo!

    ResponderExcluir

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.