segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

SEGURANÇA! EXISTE?




Autor: Pr. Ezio dos Santos França

Gostaria que o amigo leitor refletisse neste tema, pois ele é propicio em nossa atualidade. Segurança é algo que está em alta hoje em dia, embora a sociedade viva a mercê da violência e criminalidade, e investe pesado em seus sistemas de monitoramentos através de câmeras de vídeo, cercas elétricas e ainda tem aqueles que usam os velhos modelos de seguranças os guardas costas, que na maioria das vezes são policiais que fazem os famosos bicos, para completarem seus salários de fome. Que o Estado paga pelo simples e descomplicado dever, de defender o povo dos perigos do crime organizado. Mas estes também na maioria dos casos não funcionam! Pois a corrupção também alcança a caserna, ou seja, a polícia.
Ouvi muitas vezes pessoas dizerem na televisão que a crescente onda de violência se porque falta Deus no coração de muitas pessoas. Corretíssimo esta definição! Podemos relacionar em uma ordem decrescente esta falta em algumas áreas da sociedade: A área politica, é lamentável que os políticos que o povo elege não se preocupem em formular as leis que poderiam defender o cidadão que o elegeu, em muitos casos são eles que encabeçam a onda de corrupção e criminalidade, com desvio de verbas publicas e até existem aqueles que comandam milícias que oprimem o povo que vivem nas comunidades carentes os obrigando a pagar por uma falsa segurança. Também segue a esta a área social, uma das mais fortes bandeiras eleitoreira que existe hoje, o governo federal sempre fala em diminuir ou acabar com a diferença social, com a má distribuição de renda, com a fome e com a pobreza; mas se acabar como vão se reeleger no próximo mandato? Há uma grande falta de Deus nestas áreas você não acha? E lá embaixo nesta ordem decrescente está o bandido ou marginal que eu os classifico como pessoas fracas que por não suportar as dificuldade e as necessidades se rendem ao tráfico de drogas e envolvidos pela onda de criminalidade empunham suas armas e tiram vidas de trabalhadores inocentes deixando um rastro de tristeza; viúvas e muitos filhos órfãos. Mas pra minorar a problemática deste caos os políticos que os bandidos ajudam a eleger criam os direitos humanos, que os tratam como cidadãos carentes, concedendo seus indultos e autorizando sua saída dos presídios para lá fora poderem roubar e tirar novas vidas inocentes deste mundo. Há uma grande falta de Deus no coração ou não há?
Pensando na Bíblia a palavra de Deus, toda violência existe porque o homem deixou de acreditar em um Deus provedor, que supre as necessidades humanas, deixou de experimentar o sobrenatural para se apegar ao material ao visível. O homem envolvido pelo imediatismo das promessas de riquezas, não ouve mais a voz de do Senhor a falar Não temas, porque eu sou contigo”, ou seja, eu te dou segurança e te faço viver feliz. O homem não escuta porque seu coração está envolvido pela vontade de revidar com vingança tornando juiz dos demais, as inseguranças do homem provem de um coração pecaminoso, que tem seu proposito de explorar os menos favorecidos. Seu ouvido está fechado, e distante de entender a afirmativa do Senhor “não te assombres, porque eu sou teu Deus”; por isso o Brasil e o mundo vivem esta onda de violência, que o Senhor Jesus disse que “Jaz no maligno”.
Mas há uma saída para o homem fugir desta onda, e ser feliz basta colocar Deus novamente em seu coração. A bíblia diz lá em Tiago 4.8 Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós outros”. Quando buscamos ao Senhor somos recebidos por Ele, e começamos nossa caminhada para tê-lo em nosso coração “Purifiquem as mãos, pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração”. Estremos prontos para tê-lo presente em nós novamente quando nosso coração estiver limpo, e pudemos caminhar sem manquejar ai nossos ouvidos estarão prontos para ouvi-lo falar eu te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça”. Isaías 41.10. Oxalá que as igrejas se pusessem em posição de batalha espiritual confiando no sobrenatural de Deus, e voltasse toda sua confiança para o Senhor; e vivessem de verdade palavras como estas “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”. Com certeza a sociedade não seria prisioneira de seus sistemas de segurança, e os ladrões não estariam nas ruas fazendo cidadãos de bem cativos, pois não haveria mais criminalidade e insegurança. O nosso já teria cura a nossa terra! Igrejas! E amados irmãos ainda há esperança prostremo-nos diante de nosso Deus e em obediência a sua palavra clamemos por nosso Estado e nação. Pense nisto querido e que nosso Deus nestes dias maus nos abençoe.

Autor e colaborador do blog: Pastor Ezio dos S. França. 
Imagem: Stock.xchng

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.