QUANDO AS SOMBRAS SILENCIAM

Ficção espiritual que conta a estória de um casal de missionários, em meio a muita ação e aventura.

HOMENS QUE LUTAM

Nova série de artigos sobre atitudes que tornam os homens mais do que vencedores.

FAMÍLIA - O PAPEL DO HOMEM.

"Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, (Efésios. 5: 25)"

FAMÍLIA - O PAPEL DA MULHER.

"Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos. (Provérbios. 14:1)"

POEMAS - Para adoçar a vida!

Poemas que nascem no coração, cresce em nossa mente e alçam vôo em nossa imaginação.

Blog Impressões Sem Pressões

"Em meio a valores distorcidos em nossa sociedade, temos JESUS CRISTO como referencial perfeito!" (Tom Alvim).

sexta-feira, 25 de março de 2011

A suficiência de Deus

Até aonde Deus nos é realmente suficiente?

Nos dias em que vivemos a competição acirrada, as metas a serem alcançadas, as cobranças cada vez maiores e a busca de um nível de vida alto, acaba por nos cobrar também um alto preço. O preço do desgaste desnecessário e doentio para se alcançar coisas das quais talvez nem precisássemos muito.

Até aonde Deus nos é realmente suficiente?


Até o dia em que nossa tão almejada promoção não chegar;
Até que aquele resultado de um exame médico nos declare a sentença de morte;
Até o dia em que nossas dispensas fiquem totalmente vazias, ou
até que os nossos sonhos se desfaçam com a potência de uma tsunâme avalaçadora?

Deus deve ser o nosso TUDO, preenchendo cada carência existente em nossas vidas com sua própria essência. Se caminharmos por essa vida pautados nessa dinâmica iremos com toda certeza superar muitas dificuldades que surgem diariamente e poderemos sempre que nos for arguído como estamos, dizer como a mulher sunamita: "Vai TUDO bem!"

É claro que esta mulher passava por privações terríveis, mas ela tinha Deus como sendo o seu abastecedor eterno e nada lhe faltaria mesmo que tudo faltasse.

A perspectiva daqueles que amam a Deus é diferente da perspectiva daqueles que não o amam. Os primeiros apesar da possível falta das coisas, saberá que aquele que criou tudo lhes é suficiênte pelo que ele é e não apenas pelo que ele pode lhe dar. Não precisará de COISAS para ser feliz, nem das possíveis promoções no trabalho, nem da saúde de ferro, nem da dispensa cheia. Precisará apenas de Deus e aí através dele poderá experimentar milagres incríveis em sua vida.

A amizade com Deus nos eleva a um patamar de suficiência divina plena e depois disso jamais seremos necessitados de nada. Poderemos ser felizes em qualquer circunstância, assim como o apóstolo Paulo soube ser e muitos crentes ainda hoje o são.


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

domingo, 13 de março de 2011

A beleza que põe mesa

"A beleza de você deve estar no coração, pois ela não se perde; ela é a beleza de um espírito calmo e delicado, que tem muito valor para Deus." (1 Pedro. 3: 4)

Ao folhear uma revista, pular de um canal para outro, navegar pela Internet, somos, implacavelmente, alvejados por imagens de belos rostos e corpos cada vez mais magros e "sarados", pois essa sociedade hedonista tem como uma de suas bandeiras que "a beleza põe mesa". Contudo, o que Deus nos fala através de sua Palavra é que a beleza verdadeira está no coração de cada um de nós. Ela não é um padrão criado por algumas poucas pessoas. 

A beleza verdadeira se mostra no amor ao próximo, no engajamento correto em causas que valem à pena, na educação no trânsito, em casa e em todos os lugares aonde possamos ir, na coragem, na honra, na palavra (fio do bigode) dada a alguém. Enfim, essa é a beleza que não se perde, porque ela repercutirá na eternidade através das palavras doces e suaves do nosso amado Pai: "Servo bom e fiel, sobre o pouco fostes fiel, sobre o muito te colocarei, entra no gozo do seu Senhor". 

A beleza plástica e superficial ficará, morrerá ou será suplantada por outro tipo qualquer de padrão de beleza e o seu fim é de tristeza, opressão e morte.

O nosso amado Deus é belo e ama a beleza. Mas, assim como a sua paz e o seu amor, a sua beleza é de outro tipo. Ela sempre pôs e sempre porá à mesa.

Liberte-se da ditadura da falsa beleza e apegue-se à que vem de dentro para fora. Ela não rotula, não divide, não discrimina. Ela jamais dirá: "As feias que me perdoem, mas beleza é fundamental."

Deus diz para que todos nós sejamos belos na alma, em nossas ações e em nossas intenções, fora isto, nada é belo.



Autor: Tom Alvim.
Imagem: Stock.xchng

sexta-feira, 4 de março de 2011

Meme Literário

Um amigo chamado Wendel Bernardes indicou-me para participar destas perguntas sobre literatura e fiquei muito honrado e feliz, segue abaixo as minhas respostas:
 

1 – Existe um livro que você leria várias vezes sem se cansar? Qual?

O Aplauso do Céu de Max Lucado, foi muito bom e já li duas vezes e poderia ler mais algumas, contudo, sem querer ser "o cara espiritual"...rs O único livro que leria diversas vezes sem jamais me cansar seria a Bíblia, os outros, sei que chegaria um momento em que me cansaria do assunto, pois samba de uma nota só é meio chato...rs

2 – Se você pudesse escolher um livro apenas para ler o resto da vida qual seria?

Como respondi acima o único livro que não me cansaria com um mesmo assunto seria a Bíblia, pois ela é inesgotável. Mas, para não parecer tão óbvio vou indicar Icabode de Rubem Amorese, este livro revolucionou uma fase de minha vida e foi importante para que entendesse o quão ruim é a desobediência, principalmente a desobediência a Deus.

3 – Indique três dos seus livros preferidos.

Maravilhosa Graça de Philip Yancey, É proibido de Rubem Amorese, Voando nas Alturas de Hernandes Dias Lopes....tenho muitos outros preferidos, mas estes três encabeçam a minha lista.
 
Bom, faz parte da ‘brincadeira’ indicar blogueiros para fazer o mesmo, então lá vai:
 
Estou meio fraco para indicar amigos na blogosfera, os meus amigos não curtem muito escrever, infelizmente. Os que conheço são a Kênia que é membro de nossa igreja e seminarista, com seu excelente blog Se Parar Pra Pensar o querido irmão Sidney que publica o Papo de Desenhista e finalmente o Adriano com o Projeto Ser Livre.

Obrigado à todos e até a próxima.

Tom.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Te pego na curva.

"Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus." (Mateus. 22: 21b)

Este pequeno versículo fala de um dos muitos momentos que Jesus foi provado por pessoas hipócritas, elas o questionavam apenas com a intenção de pegá-lo na curva, não estavam dispostos a aprender nada. Contudo, Cristo jamais caiu em suas artimanhas.

Na verdade TUDO pertence a Deus, mas Jesus quis mostrar aos que o questionavam, de forma que eles entendessem, que todos temos responsabilidades e que não devemos nos eximir delas por pretexto algum.
Em nossa trajetória por essa pequena jornada chamada vida devemos ser responsáveis diante da realidade na qual estamos inseridos, dando perfeito testemunho de correção de atitudes em tudo que devamos nos envolver. Jamais em nome de Deus deixar nossas responsabilidades de lado e com isso mostrarmos ao mundo que "não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus". (Mateus. 4: 4b). Essa foi a resposta dada por Cristo ao diabo, quando este o tentou no deserto, procurando fazer com que o próprio Deus pecasse e assim destruir toda a chance de salvação do ser humano fundamentada na morte daquele que jamais pecou.
Tanto os hipócritas, quanto o diabo queriam ver até aonde Deus se venderia, mas descobriram que isso jamais poderia acontecer, pois Deus sabe quem ele é, e que ao grande Eu Sou pertence todas as coisas.
Nossa responsabilidade vai até aonde Deus permitir e isso saberemos através de sua vontade impressa na bíblia sagrada.
Não faremos nada que venha a infringir princípios bíblicos, mas também não deixaremos de fazer usando desculpas sem fundamentos em nome de uma estultícia que já demonstra realmente quem somos.

Ser pego na curva é uma questão de escolha. O que escolheremos?

Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng