QUANDO AS SOMBRAS SILENCIAM

Ficção espiritual que conta a estória de um casal de missionários, em meio a muita ação e aventura.

HOMENS QUE LUTAM

Nova série de artigos sobre atitudes que tornam os homens mais do que vencedores.

FAMÍLIA - O PAPEL DO HOMEM.

"Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, (Efésios. 5: 25)"

FAMÍLIA - O PAPEL DA MULHER.

"Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos. (Provérbios. 14:1)"

POEMAS - Para adoçar a vida!

Poemas que nascem no coração, cresce em nossa mente e alçam vôo em nossa imaginação.

Blog Impressões Sem Pressões

"Em meio a valores distorcidos em nossa sociedade, temos JESUS CRISTO como referencial perfeito!" (Tom Alvim).

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Sempre os pais (II)


"Não se vendem dois pardais por um asse? e nenhum deles cairá em terra sem o consentimento de vosso Pai. E quanto a vós outros, até os cabelos da cabeça estão contados. Não temais, pois! Bem mais valeis vós do que muitos pardais." (Mateus. 10: 29-31)

O que aprendemos com essas criaturinhas que embelezam o nosso dia a dia. Deus cuida de nós sempre e em todas as circunstâncias. Pense comigo, se Deus colocou no DNA dos animais que devem cuidar de seus filhotes e dessa forma preservá-los, porque não cuidaria também de nós seres humanos obra prima da criação?

Deus cuida de cada detalhe. No momento da angústia, Ele nos traz a paz (Jesus Cristo). 
Na dor da separação, Ele nos mostra sua presença. 
Na ansiedade, nos mostra que devemos descansar Nele e durante toda a nossa existência, o quanto nos ama e quer o nosso bem.

Aquele passarinho estava assustado e com fome. Longe do seu lugar de aconchego, longe dos seus pais. Mas eles estavam presentes, tentando a todo custo preservar o seu filhote.

Deus cuida de nós, basta que de alguma forma, entendamos isso e que fiquemos em seu ninho de segurança, sem querer nos aventurar por caminhos que parecem bom, mas que o seu fim é o caminho da morte.


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Sempre os pais (I)

Ultimamente temos presenciado em nossa casa um fato curioso. Alguns filhotes de passarinhos tem aparecido em nosso quintal, parece que eles de alguma forma caem dos seus ninhos e como ainda não sabem voar ficam no chão aguardando que seus pais venham ao seu encontro para ajudá-los. 

O primeiro “filhote pródigo” foi uma andorinha. Peguei este pequenino pássaro com as mãos e o coloquei de volta em seu ninho, junto com outros filhotes, e tudo acabou bem. 

O outro, foi um filhote de rolinha. Apareceu em nosso quintal e ficou lá por um tempo. Nós ficamos acompanhando de longe o desenrolar da história e víamos os pais, sempre os pais, indo e vindo, trazendo comida e talvez conforto para aquele filhote.


Em alguns momentos tive que sair para colocar cloro na piscina e lá estavam os incansáveis pais sobrevoando o local, sempre atentos. 

Minha filhinha que tem 5 aninhos e um coração de ouro pegou com a ajuda de minha esposa o pequeno desgarrado e o colocou em uma caixa de sapatos com um ninho improvisado e um pequeno pote d'água próximo para tentar ajudá-lo, pois não sabíamos aonde poderia estar o ninho dos pais rolinhas. Mas, depois de algum tempo, já ao entardecer fui dar uma espiada no bichinho e vi que ele não estava mais na caixa de sapato. Ele estava novamente no mesmo local de antes junto de seus pais que o alimentavam e cuidavam dele. Aí eu disse para minha esposa: “Esse filhote não passa desta noite, os gatos costumam vir usar nossa grama como privada pública e creio que numa dessa a rolinha vira petisco”. É claro que ninguém achou graça, nem eu, pois sei que os felinos gostam de “brincar” com suas presas e depois as decapitam, deixando somente o corpo jogado ao léu. Que trash né, mas é a verdade. Ou, o que poderia acontecer seria a morte por inúmeros outros fatores, como doenças, insetos, frio, fome, etc. 

No outro dia quando fui almoçar em casa depois do expediente da manhã, minha esposa me chamou e disse que o passarinho estava a salvo. Os pais, sempre os pais, pegaram-no de alguma forma e o conduziram a um patamar mais alto do muro e depois, de alguma forma, conseguiram colocar o pequeno aventureiro de volta a segurança do seu ninho. Só ai conseguimos descobrir aonde o ninho estava escondido, pois antes não sabíamos realmente. Coisas da natureza, coisas dos pais sempre atentos.


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Maranata vem Jesus!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Mistura explosiva

Outro dia escrevi em minha página no Facebook: "Leia a bíblia e faça oração se quiser crescer!" Um trecho de um antigo corinho que cantei muito quando criança, e de repente alguns amigos meus se identificaram com ela por se lembrarem também deste cântico que entoaram em algum momento de suas vidas, foi bacana este feedback. 

Um pastor muito querido, comentou que essa é uma mistura explosiva (Ler a bíblia e orar). Achei o máximo, pois a explosão que ela causa é a explosão de tudo de bom. Explode em nós o desejo de caminharmos mais com Cristo, explode em nós o amor por Ele e pelo seu reino e explode em nós tudo aquilo que Ele diz em sua Palavra que iria explodir.  

Quer saber o que?

Então, "Leia a bíblia e faça oração se quiser saber...rs"


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Moderno? A luz de quem?


O que vem a ser algo moderno?

Parece-me que este termo sempre foi usado para definir tudo aquilo que é vanguarda ou aquilo que a maioria deveria fazer ou usar, mas que na verdade é feito e usado apenas por uma minoria que, como no jargão popular, "se acha".

E o que vem a ser algo antigo?

Pela concepção atual de modernidade, antigo é tudo aquilo que não é moderno. Lógico não!? Nem tanto!

Para essa minoria poderosa, o antigo é o mofado, ultrapassado, obsoleto, careta, errado, etc.

Essa armadilha tem sido deixada pelos meios de comunicações em nossas salas, adentrando por nossos aparelhos de tvs,  para capturar as mentes que são preguiçosas e que não gostam de pensar por si mesmas.

Um exemplo: Para essas pessoas uma família moderna (Modern Family) é aquela que aceita todo o tipo de diversidade em seu meio sem questionar se aquilo é normal ou se foi imposto por uma minoria como sendo, ou seja, se um gato quiser se casar com uma lagartixa, isso é moderno, pois foge ao padrão correto das coisas. Ou pior, se um gato quiser "casar" com outro gato isso deve ser aceito pelos outros felinos como sendo algo moderno e aceitável não podendo estes expressar juízo de valor algum sobre o fato.

Uma família realmente moderna é aquela que sabe à luz da bíblia viver as mudanças deste tempo sem ir de encontro com os princípios nela escritos por Deus para o nosso próprio bem.

Modernidade, na visão desta minoria que detém o poder da mídia é destruir valores, crenças, e opiniões, pois para eles ditadura e modernidade são sinônimos. A tal modernidade atual, quer impor aos súditos do rei uma única opinião e um único código de valores que não valem nada e se alguém discordar irá ser taxado de TUDOfóbico, intolerante, extremista, xiita, caxias, monstro e criminoso.

Prefiro ser ultrapassado, ainda que a luz da bíblia não seja, do que caminhar de mãos dadas com essa geração, amantes de si mesmos e de seus pecados.

Mas ter em meu coração a convicção de estar agradando ao único ser que não está preso a definições humanas e que abomina a "modernidade" apregoada por poucos. Apesar de amá-los, sem contudo aceitar suas condutas e práticas a luz da bíblia algo mais do que "ultapassado", pois ela ensina que essa falsa modernidade é pecado a mais de 2000 anos.


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng