terça-feira, 18 de outubro de 2011

Fragmentos da memória...

Alguns fragmentos de minhas memórias ficam sempre me lembrando como é bom ter uma família, pois a família é o nosso Porto Seguro, um lugar de aconchego e de paz.

É na família que construímos os nossos valores, as nossas crenças e é aonde os nossos heróis nascem. Lembro-me dos meus irmãos e de que como eles sendo mais velhos do que eu tornaram-se meus heróis. 

As vezes ficava na beira do campo de futebol olhando o jogo e vendo os meus "manos" correndo atrás da pelota, era muito bom. Também costumava observá-los nos mínimos detalhes e de alguma maneira tentava imitá-los. Mas, foi o meu pai o meu maior exemplo de vida. Um homem pacato, mas forte e trabalhador, que não poupava esforços para dar a nossa família aquilo que estava ao seu alcançe. 

O seu legado para a minha vida? 

O respeito pelo próximo, a simplicidade, o trato correto das coisas e os valores cristãos. 

Meu "velho" - nunca o chamei assim, mas uso o termo como força de expressão apenas, foi "o cara", porque ensinou-me a ser homem e jamais me proibiu de frequentar a igreja que ele não frequentava, dando-me a real impressão de liberdade de escolhas e de indepência de vida. Jamais me super-protejeu, mas jamais largou-me ao léu. Por isso, não aceito a doutrina da esquerda evangélica brasileira que me dá asco só de pensar. Esquerda que flerta com valores corrompido e deturpado profundamente em sua origem, pois ao iludirem-se com a esquerda política estão sendo contaminados pelo pensamento comunista que diz que "os fins justificam os meios", um pensamento maquiavélico, e que é antagônico aos ensinamentos Bíblicos. 

Forjam heróis canalhas, criam uma ética própria transloucada e tentam enfiar goela abaixo, principalmentes nas escolas e faculdades, doutrinas que nasceram no inferno. Por isso, os fragmentos de minha infância saltam a todo o momento, lembrando-me quem sou e que hoje eu sou aquele que tem o dever de inculcar na cabeça de meus filhos a herança de meus pais, mas principalmente a verdade única existente que é aquela escrita na Bíblia Sagrada. Sempre viva e eficaz, sempre verdadeira e perfeita agente produtora de excelentes cidadãos.

Obs.: Se puder comente o texto, para que possamos refletir sobre o tema em questão. Tenho ficado meio desanimado de escrever, pois apesar das visitas ao blog poucas pessoas comentam.



Autor: Tom Alvim.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.