sexta-feira, 2 de setembro de 2011

O Poder das Palavras

Outro dia fui levar o meu filho Lucas para um exame médico, e como era de se esperar não fomos atendidos no horário marcado. Talvez seja por isso que colocaram o nome de "Pacientes" naqueles que vão a um consultório...rs 

Sabendo que o meu meninão não iria ficar quietinho em meu colo, fiquei passeando com ele para entretê-lo. Mostrei de tudo que pude, indo para fora do consultório e voltando vez por outra. Do nada, um senhor de idade parou perto de mim e disse em voz agradável e baixa que o Lucas seria um menino muito educado e obediente, pois ele estava vendo isso em mim. Por incrível que pareça aquelas palavras me deram uma força, uma recarga e me deixaram muito feliz. 

Foi muito bonito da parte dele e sei que aquelas palavras ficarão por muito tempo em minha mente.

Palavras podem ser para o bem ou para o mau e na maioria das vezes não é necessário fazer muita força para isso. Seja para o bem ou seja para o mau. Mas aquele senhor, que eu não conhecia, preferiu abençoar-nos com suas palavras para o bem. Aprendi uma grande lição com ele e sempre que puder irei tentar imitá-lo. Palavras fazem a diferença e podem muito em seus efeitos.

A Palavra de Deus, SEMPRE abençoa. Sempre edifica, sempre promove, sempre traz e faz coisas boas. Nós fomos feitos a partir da Palavra e fomos salvos pela Palavra que é Cristo.

Minha oração é que nossas palavras sejam sempre aquelas que nascem na boca do próprio Deus para abençoar essa geração que necessita tanto dela.


Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

2 comentários:

  1. Tom, querido amigo e irmão em Cristo, realmente uma palavra certa, na hora certa nos anima. Creio que aprendemos muito quando a necessidade nos obriga a enfrentarmos situações que nos faz ver ou perceber se realmente somos "pacientes".
    Creio também, que perdemos muitas oportunidades em nosso dia-dia, sendo assim, seu texto nos chama a atenção para algo tão importante... Pacientes com paciência.
    Um grande abraço.
    Sidney

    ResponderExcluir
  2. Querido irmão Sidney,
    realmente sua observação é muito pertinente. Vivemos em um mundo cada vez mais imediatista e somos impelidos a querermos tudo para ontem...rs
    A paciência é a chave para que possamos alcançar nossos objetivos com mais eficácia.
    Obrigado e volte sempre.
    A "casa" é nossa!
    Tom.

    ResponderExcluir

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.