terça-feira, 6 de setembro de 2011

Mergulhar para crescer

A era digital trouxe grandes inovações para todos nós, fazendo com que tarefas antes demoradas e enfadonhas tornassem-se rápidas e fáceis de serem executadas. Mas como tudo tem um preço, hoje pagamos muito caro por essas facilidades, pois a geração de leitores tornou-se a geração superficial que não consegue aprofundar-se em quase nada. A leitura dinamizou-se, a concentração deixou de existir quase que por completo e as relações humanas invejando tais processos, segue o mesmo caminho.

A web criou a figura dos navegadores sem rumo, que vão de site em site lendo apenas os títulos das matérias e pensando muito pouco. Comentar então, é um luxo para uma minoria.

Ouvi dizer uma vez que na superfície se anda mais rápido, mas também ouvi que ela pode ser suja e pobre, já a profundidade é silenciosa, misteriosa, porque tem muito a revelar e traz consigo a pressão que espanta os fracos. Somente quem é forte consegue ir aonde poucos gostam de ir. 

A força que vem de Deus, nos faz aprofundar em tudo que peguemos para fazer, e aí o resultado são as coisas bem feitas, bem lapidadas e bem digeridas. 

A partir de uma certa profundidade, as heresias serão gritantes e os falsos profetas serão desmascarados em sua frente. Por isso, não tenha medo de aprofundar-se na leitura da Bíblia Sagrada, pois você será o maior beneficiado com isso. 

Leia para proveito próprio, para crescer na fé, para achegar-se mais ao seu Criador e nunca para ficar fazendo questionamentos pobres que evidenciam sua completa falta de fé naquele que te criou.
 
Aprofundar-se é um exercício que nos leva sempre mais além. 

Vamos mergulhar?

Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

4 comentários:

  1. Isso mesmo Tom...
    outra coisa que me lembrei agora é que os seres que vivem nas profundezas do oceano, em sua grande maioria, são mais adaptados às realidades dessas águas.

    São minúsculos (Quimera), geram certa luminescência (Melanoceto), possuem pressão diferenciada de outros animais (Tubarão Albafar)...

    Isso quer dizer que quanto mais nos aprofundamos, em Deus no caso, somos mais adaptados às realidades Dele; brilhamos como Jesus o fez em meio aos homens, resistimos às pressões espirituais com mais sagacidade e por fim ficamos cada vez menores, deixando que a Verdade apareça!

    Ótimo texto, viu?
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Caramba Wendel,
    o seu texto complemente perfeitamente o que quiz passar...Li e pude aprofundar-me mais um pouquinho com os seus conhecimentos mano. Gostei quando disse que ficamos cada vez menores para que Cristo apareça. Obrigado pelo comentário.
    Abraços,
    Tom.

    ResponderExcluir
  3. Depois deste comentário, o que dizer?
    Preciso ler muito para poder comentar algo digno de ser lido. Vocês estão de parabéns, Tom, pelo belo texto consegue passar seu pensamento de forma clara e objetiva, Wendel, pelas palavras sábias a "verdade" tem que prevalecer. Aquela que te admira, sua mana.

    ResponderExcluir
  4. Olá Denise,
    a admiração é mútua...O comentário do Wendel foi realmente muito bom e esclarecedor. A profundidade nos aproxima de Deus ou nos afasta dele, depende da motivação que nos leva a isso, mas creio que em nosso caso irá nos aproximar mais das verdades que ele tem para nós.
    Abraços e a casa é sua. Volte sempre!

    ResponderExcluir

Não serão aceitos comentários de cunho ofensivo, racistas, desprovido de coerência ou outros semelhantes a estes. Obrigado por seu interesse e volte sempre a este blog. Seu comentário é muito importante.