QUANDO AS SOMBRAS SILENCIAM

Ficção espiritual que conta a estória de um casal de missionários, em meio a muita ação e aventura.

HOMENS QUE LUTAM

Nova série de artigos sobre atitudes que tornam os homens mais do que vencedores.

FAMÍLIA - O PAPEL DO HOMEM.

"Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, (Efésios. 5: 25)"

FAMÍLIA - O PAPEL DA MULHER.

"Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos. (Provérbios. 14:1)"

POEMAS - Para adoçar a vida!

Poemas que nascem no coração, cresce em nossa mente e alçam vôo em nossa imaginação.

Blog Impressões Sem Pressões

"Em meio a valores distorcidos em nossa sociedade, temos JESUS CRISTO como referencial perfeito!" (Tom Alvim).

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Um Feliz 2011 para todos!



Desejo um ano novo para todos repleto de realizações e principalmente que Cristo possa reinar em nossas vidas independentemente daquilo que pensemos ser importante para nós, mas que através da Palavra de Deus persigamos o que realmente é importante.

Lembre-se: "- A morte é cruel. Digladia com intelectuais e os torna meninos. Debate com ateus e os transforma em tímidas crianças. Guerreia contra generais e os torna frágeis combatentes. Batalha com milionários e os sepulta na lama da miserabilidade. Duela contra celebridades e as faz beijar a lona da insignificância. A vida sempre nos dá outras oportunidades, a morte nunca." (Augusto Cury - O Semador de Ideias)

A vida é Cristo e ele sempre nos dará outras oportunidades, por isso apegue-se a ele e sua vida experimentará o seu renovo.

A morte é o salário do pecado, mas no momento não vale à pena falar sobre ela. Mas só hoje que é dia de festa e não de morte.

Um Feliz 2011 para todos em Cristo!

Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O céu é real

Nestes dias recebi algumas notícias ruins e fiquei meio triste ,naturalmente. Um amigo meu de infância no Rio de Janeiro está com uma doença grave que pegou a todos nós de surpresa, um outro grande amigo meu está quase perdendo a mãe e os médicos já a desenganaram e também meu primo está internado na UTI em estado gravíssimo. Mas os dois primeiros estão firmes na Rocha Eterna, eles sabem que o céu é real para eles e a medida que vamos envelhecendo o céu ou o desconhecido, para muitos, vai chegando mais próximo de nós. Quanto ao meu primo, não sei se ele voltou-se para Cristo, pois estou a muito tempo longe do Rio.
Para nós que cremos em Cristo e sabemos que somos salvos por ele, é o céu que vai se aproximando (eu disse o céu e não o Reino dos Céus...). O Reino dos Céus vivemos hoje, caminhando com Cristo, aprendendo com ele, fazendo o bem para o nosso próximo, ou seja vivendo o verdadeiro evangelho da salvação agora. Já o céu, como lugar, ou como conhecemos; porvir, é para muitos um conto de fadas, uma história inventada por alguém para arrefecer a dor da morte e de suas implicações para os seres humanos.
Costumo dizer que para se conhecer alguém é necessário que vivamos com essa pessoa e será melhor ainda se este convívio vier seguido de dificuldades, sejam elas quais forem, pois depois disso realmente saberemos se podemos ou não contar com essa pessoa. Assim como, o céu será real para nós a medida que conheçamos realmente aquele que nos foi preparar um lugar e talvez seja por isso que não me preocupo com aqueles que dizem ser cristãos, mas que na verdade não o são. Um dia eles estarão diante do Todo Poderoso e não poderão usar seus argumentos falsos, suas meias verdades e nem usar de seus conhecimentos para tentarem se safarem.
Um dia todos nós estaremos perante o único Deus verdadeiro e o céu será a nossa morada eterna. Creio que para nós crentes em Jesus Cristo o céu deveria ser um alvo, um lugar desejável e com o qual sonhássemos quase sempre, mas este evangelho estranho que o Brasil produziu de uns anos para cá tem criado crentes que não tem sua esperança em morar no céu, mas sim crentes que somente pensam no hoje e nos bens materiais como sinal de bênçãos. Crentes tão superficiais que não entendem a importância real das coisas. Prendem-se mais a quantidade do que a qualidade. Já perceberam que uma das primeiras perguntas que esses crentes fazem ao nos conhecerem é quantos membros tem a nossa igreja? Um culto para ser abençoado para eles tem que ter muitas pessoas e assim seguem de ajuntamentos solenes em ajuntamentos solenes, sem conteúdo palpável e palatável, mas com muita superficialidade e cheio de técnicas para chamar a atenção daqueles que vão ao "show" louvar ao Senhor. Como diria a minha mãe: "Muito estranho!"
Para aqueles que tem no céu a sua esperança, as dificuldades dessa vida serão o prenúncio de que o céu está chegando, mas enquanto ele não chega o próprio Deus está conosco dia-a-dia, caminhando ao nosso lado, segurando em nossas mãos e dizendo: "Eu sei o que você está sentindo, eu estive ai em forma humana e na cruz do calvário recebi sobre mim todas as suas dores".
Foram homens assim que tornaram possível que o evangelho chegasse até nós e foram homens assim, desta estirpe que deram seu sangue para que nós também pudéssemos sonhar com o céu e também nos tornássemos crentes que amassem a Deus mais do que qualquer coisa, até mesmo mais do que a nossa própria vida.

Autor: Tom Alvim
Imagem: Stock.xchng